Meio Bit » Hardware » Lenovo Legion Y740S, o notebook gamer sem GPU interna (hein?)

Lenovo Legion Y740S, o notebook gamer sem GPU interna (hein?)

Proposta do Lenovo Legion Y740S é curiosa: notebook gamer não tem GPU interna, dependendo de eGPU que o usuário atualizará por conta própria

31 semanas atrás

A Lenovo apresentou neste domingo (05) um curioso notebook gamer, o Legion Y740S. Ele segue o design de seus antecessores, com um visual mais sóbrio, menos chamativo e é mais fino e leve por um simples motivo: ele não conta com uma placa de vídeo dedicada, dependendo de uma eGPU, um case externo com uma placa dedicada, ambos comprados à parte. E como se não bastasse, o preço subiu.

Lenovo / Lenovo Legion Y740S

Fato: muitos fabricantes ainda usam placas gráficas de menor performance em notebooks gamer ou profissionais, como a linha GeForce MX ou a para lá de manjada GTX 1050, mas por outro lado, modelos equipados com GPUs das linhas GTX 16 ou RTX costumam ser bem mais caros. Upgrade não é uma opção, a menos que você esteja disposto a gastar muita grana com o Alienware Area-51m.

Ainda assim, a oferta de atualização vem com alguns caveats: os módulos proprietários Dell Graphics Form Factor (DGFF) só começaram a ser vendidos nos EUA em novembro, são para lá de caros (o com a RTX 2080 custa US$ 1.639, mas a Dell o está oferecendo no momento com desconto, por US$ 1 mil) e ainda não estão disponíveis no Brasil.

O Lenovo Y740S seria uma solução intermediária. Primeiro, ele será equipado com um processador Intel Core i9 de 10ª geração (ainda não anunciado, nem se sabe se serão da linha Ice Lake, de 10 nanômetros, ou da Comet Lake, de 14 nm), que trará uma placa de vídeo integrada Intel Graphics, para vídeos em 1080p e 4K e jogos mais leves, que a fabricante de processadores jura que os chips darão conta.

Lenovo / Lenovo Legion Y740S

Segundo, a eGPU permitiria ao usuário atualizar a placa de vídeo conforme a necessidade, como usar o notebook conectado a um monitor 4K (que exige maior desempenho gráfico), rodar jogos pesados e/ou programas de renderização. Além disso, a questão do calor gerado pela placa que afeta os notebooks gamers, bem como a autonomia pífia de suas baterias (a eGPU possui alimentação própria) seriam sanados.

Para isso, a Lenovo apresentou um case eGPU próprio, o Legion BoostStation, que se conecta ao Legion Y740S via porta Thunderbolt 3. Como todo notebook Windows e eGPU padrão que se preze, o conjunto da fabricante chinesa é inteligente o bastante para alternar da placa integrada para a externa, quando for necessário. E claro, ele suporta qualquer placa da nVidia ou da AMD, como tem que ser.

A eGPU da Lenovo serve também como hub, adicionando duas portas USB 3.1, uma USB 2.0, uma saída HDMI e uma entrada para cabo de rede, ausente no notebook gamer (!). De qualquer forma, essa decisão permitiu ao Legion Y740S ser mais fino e leve (apenas 1,9 kg), ter um sistema de resfriamento interno menor e consumir bem menos energia. Para o usuário, ele pode carregar um menor peso quando precisar apenas trabalhar, reservando a eGPU para jogar em casa.

O ponto negativo óbvio é o custo, que aumenta e muito: para ter um kit gamer decente, será preciso investir no notebook, na eGPU e na placa de vídeo; por outro lado, o consumidor fica livre para trocar a GPU sempre que uma nova sair ou sentir que for necessário, permitindo que a vida útil do Legion Y740S (ou de qualquer notebook com uma porta Thunderbolt 3, na verdade) seja maior.

Lenovo / Lenovo Legion BootStation

No mais, o Lenovo Y740S traz um display IPS de 15,6 polegadas com resolução Full HD (1.920 x 1.080 pixels), ou 4K (3.840 x 2.160 pixels) com HDR de 600 nits, taxa de atualização de 60 Hz e Dolby Vision, 32 GB de memória RAM DDR4, um SSD PCie de 1 TB, alto-falantes com suporte a Dolby Atmos, duas portas USB-A traseiras, duas USB-C (uma com Thunderbolt 3 para a eGPU) e leitor de cartões SD.

Uma nota curiosa vai para o teclado, descrito pela Lenovo como tendo uma tecnologia "100% anti-ghosting" e um "revestimento resistente a oleosidade e abrasão", que o tornaria mais durável ao desgaste natural e a dedos gordurosos. Afinal, o foco são gamers.

Lenovo Legion Y740S: Quando e quanto?

Segundo a Lenovo, o lançamento do Legion Y740S está previsto para maio, por a partir de US$ 1.099 na configuração com tela Full HD, o que não é um preço amigável para um notebook gamer sem GPU; já a eGPU Legion BoostStation custará US$ 250, mas muito provavelmente o usuário poderá usar o acessório externo que desejar.

Não há previsão de lançamento de ambos produtos no mercado brasileiro.

Com informações: Lenovo.

relacionados


Comentários