Meio Bit » Games » Xbox Game Pass afetou o desenvolvimento do Bleeding Edge

Xbox Game Pass afetou o desenvolvimento do Bleeding Edge

De olho numa possível "invasão" de novatos vindos pelo Game Pass, Ninja Theory revela que o serviço impôs algumas mudanças na criação do Bleeding Edge

28 semanas atrás

O Xbox Game Pass tem sido bastante elogiado por estúdios menores pela maneira como os tem ajudado a divulgar suas criações, mas uma coisa que não costuma ser dita sobre o serviço de assinatura da Microsoft é a forma como ele pode afetar o desenvolvimento de um título. Pois no caso do Bleeding Edge, foi isso o que aconteceu.

Bleeding Edge

Previsto para ser disponibilizado no Xbox Game Pass já no dia do seu lançamento, que acontecerá em 24 de março, o novo título da Ninja Theory trará partidas entre duas equipes formadas por quatro jogadores. O detalhe é que como o acesso permitido pelo serviço deverá trazer um número muito maior de pessoas ao game, a desenvolvedora precisou fazer algumas alterações no processo de criação.

Quem explicou a situação foi a diretora Rahni Tucker, que afirmou que se o jogo fosse vendido da maneira tradicional, aqueles que o adquirissem provavelmente já teriam alguma noção sobre elementos do gênero, como controle de objetivos ou personagens baseados em classes.

No momento existe uma boa parcela de foco na experiência de novos jogadores […] Se você chegar ao jogo através do Game Pass e talvez não souber muito sobre esse tipo de gênero, pode ser um pouco mais difícil se adaptar ao jogo. Talvez essas pessoas não saibam todos os botões, talvez elas não saibam como os modos do jogo funcionam, então estamos tentando focar nisso e garantir que exista uma rampa suave para os novos jogadores que chegarem ao jogo.

Pode parecer que, com isso, a intenção da Ninja Theory é tornar o Bleeding Edge um jogo mais fácil, mas acredito que exista uma boa diferença entre ser fácil e ser acessível. De fato, um dos grandes problemas dos jogos multiplayer é a maneira como ele (e sua comunidade) lidam com os novatos e devido a sua presença no Game Pass, as partidas inevitavelmente terão a presença de pessoas sem muita experiência.

Por isso, é legal saber que o game nos permitirá participar de confrontos contra adversários controlados pelo computador, assim como contar com um tutorial que promete explicar detalhadamente todos os elementos da jogabilidade. Segundo Tucker, com essas ferramentas a expectativa do pessoal da Ninja Theory é de que os jogadores cheguem melhor preparados para sua primeira partida online, mas desconfio que a diretora esteja sendo um tanto otimista.

Digo isso porque nem todos têm paciência para passar por um tutorial, mas mesmo que isso aconteça, será que os mais experientes simplesmente acolherão educadamente uma possível enxurrada de novatos? Pois, para isso, infelizmente acredito que não haja muito o que o estúdio possa fazer, até porque nem mesmo o nivelamento durante a organização de partidas costuma surtir muito efeito.

Fonte: GamesIndustry

relacionados


Comentários