Meio Bit » Mobile » Motorola inicia pré-venda do Razr por R$ 8.999

Motorola inicia pré-venda do Razr por R$ 8.999

Celular flip com tela dobrável herdeiro do V3, novo Razr será vendido no site e quiosques da Motorola e lojas de operadoras

22 semanas atrás

Acabou o mistério: o Motorola Razr, o celular flip com tela dobrável da Motorola já está disponível no Brasil e possui preço sugerido de R$ 8.999, um valor alto como era de se esperar. A pré-venda começa nesta quinta-feira (06), com o aparelho disponível nos canais oficiais da fabricante e em lojas de operadoras.

Motorola Razr

A Motorola fez mistério sobre o preço do Razr no Brasil até o último momento, e se limitava a dizer que "o consumidor ficaria surpreso com o preço final". É compreensível, considerando o atual preço do dólar que anunciar quanto ele custaria de cara faria o interesse no gadget ser mínimo, e era interesse da companhia manter o hype, assim como a Samsung fez com o Galaxy Fold, revelando o preço apenas no início da pré-venda.

A diferença de R$ 4 mil entre um e outro (o Fold voltou a ser vendido no Brasil) é considerável, e em outros tempos pagaria outro smartphone premium, mas R$ 8.999 são apenas R$ 600 a menos que o modelo mais caro do iPhone 11 Pro Max, um aparelho bem mais potente (o Razr é equipado com um Snapdragon 710, um chip voltado a intermediários premium) e que só não dobra.

A missão da Motorola será convencer o consumidor de iPhones a preferir o seu lançamento, se escorando principalmente no fator nostalgia: o resgate do design do Razr V3, em dos celulares mais vendidos de todos os tempos. A fabricante reconheceu, mais de uma vez, que seu apelo se dá pelo design e não pelas especificações, assim, ele não compete com aparelhos de ponta.

A Motorola afirma que conseguiu reduzir o preço do Razr por fabricar o aparelho no Brasil, mas se compararmos a diferença de preço entre ele e o Fold, que é proporcionalmente a mesma entre os dois no exterior, tal iniciativa não se refletiu no preço para o consumidor.

Tirando esses detalhes, os compradores notarão que o Razr não suporta chips SIM: ele é o primeiro celular vendido no Brasil a contar apenas com o eSIM, e isso explica por que ele será vendido diretamente nas lojas da Claro, Tim e Vivo. Destas, apenas a Claro permite a ativação do chip virtual em planos pré e pós-pagos, enquanto Tim e Vivo suportam somente planos pós-pagos.

Além das lojas das operadoras, o novo Motorola Razr poderá ser adquirido pelo site motorola.com.br, ou nos quiosques da fabricante. Segundo a empresa, a pré-venda é limitada (não há informação de quantos aparelhos estão disponíveis para compra) e o consumidor não leva o gadget para casa no ato: ele será entregue em casa, dentro de até 20 dias após a compra.

Motorola Razr — Ficha técnica

  • Processador: SoC Qualcomm Snapdragon 710, octa-core Kryo com 2 núcleos Gold de 2,2 GHz e 6 Silver de 1,7 GHz;
  • GPU: Adreno 616;
  • Memória RAM: 6 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB;
  • Armazenamento externo: não expansível;
  • Tela interna: P-OLED de 6,2 polegadas e resolução de 2.142 x 876 pixels (373 ppi);
  • Tela externa (Quick View): G-OLED de 2,7 polegadas, proporção 4:3 e resolução de 800 x 600 pixels (370 ppi);
  • Câmera externa: 16 megapixels, abertura f/1,7, autofoco Dual Pixel com detecção de fase, Flash Dual-LED Dual-Tone, giroscópio e captura de vídeos em 4K a 30 fps;
  • Câmera interna: 5 megapixels, abertura f/2,0 e captura de vídeos em 1080p a 30 fps;
  • Sensores: proximidade, acelerômetro, giroscópio, bússola e leitor de impressões digitais;
  • Conectividade: 4G/LTE eSIM, Wi-Fi 802.11a/b/g/n/ac, Bluetooth 5.0, AD2P, BLE, NFC, A-GPS, GLONASS;
  • Bateria: 2.510 mAh, com suporte a carregador rápido de 15 W;
  • Portas: USB-C 3.0;
  • Sistema operacional: Android 9 Pie;
  • Dimensões: 172 x 72 x 6,9 mm (aberto), 94 x 72 x 14 mm (fechado);
  • Peso: 205 g.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários