Meio Bit » Games » Red Dead Redemption 2 e o NPC que se tornou um assassino

Red Dead Redemption 2 e o NPC que se tornou um assassino

E quando parecia que o Red Dead Redemption 2 não tinha mais segredos para mostrar, um jogador presenciou um NPC assassinando outro para lhe defender.

29 semanas atrás

Dizer que o Red Dead Redemption 2 é um jogo espetacular ainda não faz jus a toda a sua qualidade. É impressionante o nível de imersão e liberdade que a Rockstar conseguiu implementar nesse jogo e por mais que o joguemos por dezenas de horas, eventualmente ainda seremos surpreendidos por uma coisa ou outra.

Red Dead Redemption 2 

Ainda assim, existem algumas regras e guias de condutas impostas pela desenvolvedora que não deveriam ser quebradas, como por exemplo um NPC nos proteger quando não estivermos numa missão, muito menos ele cometer um assassinato a sangue frio. Pois foi justamente isso o que aconteceu há alguns dias durante uma partida de um sujeito conhecido como dmarlow310.

Conforme mostrado por ele no Reddit, tudo começou quando o seu personagem saia de um saloon e um personagem controlado pelo computador passou a provocá-lo. O jogador então virou em direção ao sujeito e uma briga teve início. Enquanto apenas se defendia dos ataques, é possível vermos outro NPC correndo em direção a confusão, mas ao invés dele se juntar ao atacante, surpreendente saca uma faca, golpeia a nuca do homem e vai embora como se nada tivesse acontecido. Confira:

Tal comportamento está muito longe do natural e tem feito com que muitas perguntas surgissem. Entre os vários NPC que estavam na área, porque justamente esse NPC agiu? Se havia outros mais próximos da briga, porque não foi um deles que tomou uma atitude? Seria possível repetir esse comportamento?

No tópico criado por dmarlow310 há diversos relatos de situações parecidas com a vivenciada por ele, onde NPC reagiram de maneira inesperadas perto dos jogadores, mas nenhum relata uma reação tão intensa quanto a vista no vídeo acima, principalmente por ele não ter acontecido ao acaso — como por exemplo um NPC matar outro durante um tiroteio.

Dentre as teorias que estão sendo levantadas sobre o acontecido, uma das mais fortes fala sobre a programação do NPC ter entrando em conflito, já que o jogador não revidou aos ataques e por isso a inteligência artificial teria visto ele como um vítima. Isso ainda não explicaria o motivo para vários outros personagens não terem defendido o jogador, ajudando assim a nos passar a conveniente sensação de que aquele NPC criou consciência.

O fato é que a ideia de um jogo onde os personagens contem com um nível mais realista de comportamento sempre foi o sonho de muitas pessoas. Se um dia um título for capaz de permitir que seus NPCs reajam de maneira mais natural ao mundo a sua volta, não parecendo estarem apenas sendo controlados por um titereiro, então teremos chegado a um estágio dos games que será tão fantástico quanto assustador.

Mas seja lá qual for a explicação para esse caso especifico, esta é apenas mais uma das muitas situações bizarras encontradas no Red Dead Redemption 2. A diferença aqui é que ao contrário do famoso trem fantasma, do disco voador ou do vampiro de Saint Denis, o “assassino de NPCs” não parece ter sido um evento pré-programado pela Rockstar. Isso, ou então estamos apenas diante de uma campanha de divulgação para alguma série de TV mesmo…

Fonte: GameRant.

relacionados


Comentários