Meio Bit » Games » Protótipo do Nintendo Play Station foi vendido por US$ 360 mil

Protótipo do Nintendo Play Station foi vendido por US$ 360 mil

O raríssimo protótipo do Nintendo Play Station foi a leilão e embora tenha sido arrematado por US$ 360 mil, o comprador pode ter feito um ótimo negócio

21 semanas atrás

Existem muitos jogos e consoles por aí que se tornaram bem raros. Mas dentre essas jóias, para muitos, aquele que é considerado o Cálice Sagrado nem chegou a ser lançado. Depois de permanecer escondido do grande público por muitos anos, uma unidade do aparelho conhecido como Nintendo Play Station foi encontrada por acaso e agora sabemos quem foi o abastado felizardo que conseguiu comprá-lo.

Nintendo Play Station

Após ser submetido a um leilão que se estendia desde fevereiro passado, o Nintendo Play Station acabou sendo arrematado por um total de US$ 360 mil, valor que será considerado absurdamente alto por alguns, mas que na verdade pode ter sido uma grande pechincha.

Isso porque até onde se tem conhecimento, não existe outra unidade deste protótipo por aí e como esta foi a primeira vez que uma delas foi a leilão, alguns colecionadores imaginavam que o lance vencedor seria muito superior a US$ 300 mil. Além disso, em dezembro de 2019, o então dono do aparelho disse ter recusado uma oferta de US$ 1,2 milhão vinda da Noruega, o que pelo jeito não passou de um grande blefe.

O fato é que a tentativa de arrecadar o máximo possível com o videogame só recebeu um lance, justamente o que acabou saindo vencedor. Baixada um pouco da poeira, a Forbes divulgou que a raridade passará a ficar sob os cuidados de Greg McLemore. Empreendedor de 51 anos, ele ficou conhecido no início dos anos 2000 devido a uma campanha de marketing para a divulgação de um site que havia fundado, o Pets.com.

Devido ao enorme sucesso das propagandas que mostravam fantoches de bichinhos de estimação feitos com meias, a Amazon acabou adquirindo 50% daquela loja e foi a partir daí que o executivo deu início a um novo hobby: adquirir raros consoles e máquinas de fliperama, numa coleção que hoje conta com mais de 800 arcades e inúmeros videogames.

Estou interessado em compartilhar minha paixão pelos games,” afirmou McLemore. “Uma das minha áreas de foco é a evolução dos jogos, incluindo como os primeiros jogos para arcade inspiraram os videogames e como os primeiros videogames influenciaram as últimas inovações. Acredito que o Nintendo Play Station se encaixa bem neste foco.

Portanto, não pense que McLemore está reunindo toda essa história para uso próprio. Segundo ele, o objetivo “não é ter essas máquinas enterradas num armário em algum lugar”, mas sim construir um museu permanente, além de emprestar os itens para que parceiros possam exibi-los. O primeiro deles deverá ser o University of Southern California Pacific Asia Museum que, durante a primavera e o verão de 2021, fará uma exibição com o intuito de falar sobre a influência da Ásia na indústria de games. Nesta ocasião, o protótipo criado por Nintendo e Sony estará presente.

Quem sabe um dia as peças adquiridas por Greg McLemore não apareçam por aqui, mas independentemente disso acontecer, nos resta aceitar que por mais legal que seja a nossa coleção de videogames, ela nunca terá um Nintendo Play Station.

Fonte: The Verge

relacionados


Comentários