Meio Bit » Mobile » Samsung desliga PlayGalaxy Link e foca em parceria com Microsoft

Samsung desliga PlayGalaxy Link e foca em parceria com Microsoft

PlayGalaxy Link oferecia streaming de jogos do Windows apenas ao Galaxy Note 10 e 10+; foco da Samsung se volta ao Project xCloud

16 semanas atrás

Você sabe o que é o PlayGalaxy Link? Pois é. O serviço da Samsung, lançado junto com os Galaxy Note 10 e 10+ em setembro de 2019 será derrubado do telhado na próxima sexta-feira (27), já que tudo em volta do recurso foi feito da maneira errada.

Em contrapartida, a Samsung irá colaborar com a Microsoft em um "novo serviço na nuvem", que pode ser o Project xCloud.

Samsung / PlayGalaxy Link / Galaxy Note 10

O PlayGalaxy Link foi uma dessas ideias que não parecem viáveis nem no papel, mas que a Samsung colocou em atividade mesmo assim. Ele era um serviço similar ao Steam Link, que permite jogar games instalados no computador em outros dispositivos, inclusive celulares. A principal diferença é que ele não se limitaria a uma rede Wi-Fi interna e o usuário poderia curtir seus jogos também via redes móveis (4G ou 5G, no caso).

Exatamente por isso, a Samsung resolveu levantar a barra e limitou o acesso ao PlayGalaxy Link ao máximo: o app só era compatível com a linha Galaxy Note 10 e, do lado dos PCs, ele tinha a bizarra limitação de não suportar memórias RAM DDR3. A desculpa oficial, dada pela fabricante, foi de "manter sempre uma performance alta" de transmissão de dados e latência. Assim, a plataforma acabou ficando bastante restrita.

A configuração mínima recomendada também não era nada modesta:

  • Processador Intel Core i5 ou superior;
  • Placa de vídeo nVidia GeForce GTX 1060, AMD Radeon RX 550 ou superior;
  • 8 GB de RAM DDR4.

Não ajudou também o fato de que o PlayGalaxy Link só foi oficialmente disponibilizado nos Estados Unidos e Coreia do Sul, em fase beta, e os preços do Galaxy Note 10 também não eram nada convidativos. Em suma, mesmo com o bônus da jogatina via redes móveis, o app se apresentou como uma solução inferior ao Steam Link.

Conclusão, o PlayGalaxy Link já nasceu morto. Agora, apenas seis meses depois de sua introdução, a Samsung anunciou seu desligamento na próxima sexta-feira (27), após uma "mudança na política interna" da companhia.

Microsoft / Project xCloud

Isso não quer dizer que a Samsung desistiu do streaming de jogos. Durante o anúncio do lançamento da linha Galaxy S20 e do Galaxy Z Flip, em fevereiro, a empresa revelou ter fechado uma parceria com a Microsoft, para o desenvolvimento de "uma plataforma de jogos na nuvem" ligada ao Xbox, que seriam disponibilizados por streaming.

Embora nenhum outro detalhe tenha sido fornecido, acredita-se que ao invés de lançar outro app proprietário (ainda é possível, mas dada a presepada do PlayGalaxy Link é pouco provável), os futuros smartphones de ponta da Samsung recebam suporte ao Project xCloud, o serviço de streaming de jogos da Microsoft que se tudo correr bem, deverá entrar em atividade ainda em 2020.

Segundo David S. Park, chefe de marketing para os Estados Unidos, "Samsung e Microsoft compartilham a visão de trazer uma grande experiência em jogos para jogadores mobile em todo mundo", e que "com nosso (da Samsung) portfólio de 5G e a rica história da Microsoft em jogos, nós estamos próximos de criar um serviço premium de streaming de jogos baseados na nuvem".

De acordo com Park, mais informações serão reveladas no decorrer de 2020, provavelmente na época do lançamento da linha Galaxy Note 20. Isto é, se a pandemia do coronavírus já não colocou os planos em espera, algo muito provável de ter acontecido.

Com informações: PlayGalaxy Link, The Verge

relacionados


Comentários