Meio Bit » Games » DualSense é oficial: eis o controle do PlayStation 5

DualSense é oficial: eis o controle do PlayStation 5

Controle DualSense do PS5 contará com feedback háptico de celulares, microfone embutido e gatilhos R2 e L2 com recursos adaptativos

17 semanas atrás

A Sony revelou nesta terça-feira (7) o controle do PlayStation 5: chamado DualSense, ele traz diversas mudanças estéticas em relação ao clássico design do DualShock, além de recursos como feedback háptico similar ao implementado em celulares, microfone embutido e gatilhos L2 e R2 adaptativos.

Sony / controle DualSense do PS5 (visão frontal)

À primeira vista, o visual do DualSense revela um maior distanciamento do design clássico do DualShock, que já fora ensaiado com o PS4, e se aproxima mais do Sixaxis original, o famigerado "bumerangue". Aqui, a parte superior é curvada e não mais reta, enquanto que os controles analógicos/botões R3 e L3 não ficam mais semi-destacados do corpo.

Claro, o elemento que mais chama a atenção é o design em duas cores, com domínio do branco, sugerindo que o PS5 talvez siga o mesmo padrão, caso este não seja um modelo variante opcional. O Touchpad está maior e mudou de formato, seu LED agora acende nas laterais e não embaixo, e os botões Options e Create, que substitui o Share, foram deslocados para os lados. Um ponto positivo é a ausência do efeito glossy/black piano, que não era lá muito agradável a longo prazo.

O botão PlayStation permanece na parte inferior central, mas deixa de ser um círculo e é agora talhado na forma do logo original da linha PlayStation. Logo abaixo dele, há o botão para ligar e desligar o conjunto de microfones, que passa a ser embutido, uma opção para quem deseja jogar online sem acessórios pendurados. Claro, a experiência sonora de um headset deverá continuar superior.

Os botões frontais e o direcional digital trazem poucas mudanças, estão dispostos na superfície levemente curvada e trazem linhas menos retas, além de (caso este design de cores seja padrão) abrir mão das cores padrão para os botões. Na parte traseira, há uma entrada USB-C para alimentação e conexão via cabo, os botões R1 e L1 que mudaram pouco, e os gatilhos L2 e R2, que trazem algumas das mudanças mais substanciais.

Primeiro, o "force feedback" usado nos controles DualShock desde sempre (com exceção do Sixaxis, o controle original do PS3), a função de rumble está sendo substituída por uma tecnologia de feedback háptico mais variável, semelhante à presente em smartphones, ou numa comparação mais próxima, nos Joy-cons e no Pro Controller do Nintendo Switch.

Segundo Hideaki Nishino, vice-presidente sênior de Planejamento de Plataformas, Estratégia Global de Produtos e Gerenciamento da Sony Interactive Entertainment (a divisão PlayStation), o DualSense é capaz de "adicionar uma grande variedade de sensações, como a resistência e ao dirigir um carro na lama".

Sony / controle DualSense do PS5 (visão lateral)

Embora a tecnologia não tenha sido explicada, é provável que o DualSense use a mesma implementada no Switch, uma combinação entre os motores de vibração e um atuador ressonante linear (LRA). Essa tecnologia permite que os Joy-cons simulem uma grande variedade de respostas sensoriais, adaptadas ao contexto do jogos, e não mais faça o controle apenas tremer.

Segundo, os gatilhos L2 e R2 estão ligados ao feedback háptico, ao se tornarem adaptativos: eles fornecem diferences sensações de tato e resistência, dependendo do jogo e da ação executada. A combinação desse recurso com as vibrações variáveis promete entregar um retorno sensorial mais realista.

Terceiro, o botão Create, que substituirá o Share. De acordo com Nishino, a função foi repensada para permitir "novas formas dos jogadores criarem e compartilharem conteúdos épicos com o mundo", mas não deu detalhes. É possível que o recurso tenha sido remodelado para oferecer melhores ferramentas de edição de gameplays compartilhados para criadores de conteúdo, bem como uma plataforma de streaming remodelada, diferente do Ao Vivo do PlayStation. Claro, são especulações.

Nishino diz que implementar tantos recursos sem deixar o DualSense pesado foi um desafio, contornado com o trabalho conjunto entre as equipes de design e engenharia de hardware. Para Jim Ryan, presidente e CEO da divisão PlayStation, o controle do PS5 representa uma "mudança radical" em relação aos modelos de gerações anteriores, e cimenta o compromisso da Sony em querer dar um salto o mais longe possível (na direção certa, esperamos) dos consoles anteriores, em todos os aspectos.

Na concorrência, o Xbox Wireless Controller teve algumas características reveladas, como um tamanho menor para permitir mais conforto a quem tem mãos menores (como mulheres), um botão Share dedicado, separado dos clássicos Menu e Visão, um D-Pad de estilo similar ao do controle Elite do Xbox One, e um sistema de monitoramento dos botões para transmitir os inputs imediatamente após o comando.

Voltando ao DualSense, a Sony informa que o controle já está sendo enviado a desenvolvedores, de modo a implementar recursos em seus jogos que usem as habilidades dos controles. O PlayStation 5 tem lançamento previsto para o final de 2020, a tempo das festas do fim de ano.

Com informações: PlayStation Blog

relacionados


Comentários