Meio Bit » Mobile » Nokia 2.3 marca retorno de celulares Nokia ao Brasil

Nokia 2.3 marca retorno de celulares Nokia ao Brasil

Parceria entre HMD Global e Multilaser traz Nokia de volta ao Brasil; Nokia 2.3 é celular de entrada com processador MediaTek e Android 9 Pie

13 semanas atrás

A Nokia está de volta ao mercado brasileiro de celulares: a companhia lançou neste domingo (3) o Nokia 2.3, um aparelho de entrada com configurações básicas em parceria com a Multilaser, que ficará responsável pela montagem, distribuição, vendas e assistência técnica.

HMD Global / Nokia 2.3

A divisão mobile da Nokia passou por poucas e boas na última década: em 2011, ela anunciou uma parceria com a Microsoft para a produção de Windows Phones, e em 2013 ela foi adquirida por Redmond, em um movimento não muito bem assimilado por parte do público; vale lembrar que Stephen Elop, seu CEO na época, tinha saído da Microsoft para a Nokia, e foi repatriado na aquisição.

A Nokia permaneceu viva por um tempo, até que a marca foi assimilada e os Lumias passaram a vir apenas com o nome da Microsoft. Os últimos Nokia per se lançados no Brasil foram  os Lumias 930 e 630, em maio de 2014.

A empreitada não durou muito, a Microsoft posteriormente desistiu de celulares e vendeu a divisão, que foi reorganizada por ex-funcionários da Nokia como HMD Global, uma pequena empresa finlandesa que manteve os direitos sobre o nome, para uso no mercado mobile. A matriz, por sua vez continua firme e forte no setor de infraestrutura de rede e telecomunicações, vendendo soluções para todos os cantos do mundo, Brasil incluso.

A HMD voltou ao mercado com o Nokia 6 em 2017, e desde então lançou aparelhos dos mais diversos, desde da faixa premium a intermediários e de entrada, além de resgatar clássicos do passado como o indestrutível Nokia 3110 e o famigerado "banana phone" Nokia 8110, que ficou famoso como o celular do Neo, de Matrix.

HMD Global / Nokia 2.3

Falemos da volta da Nokia ao Brasil: através de uma parceria com a Multilaser, a HMD Global irá se focar inicialmente em aparelhos de entrada e intermediários, ainda a maior fatia do mercado local.

Num primeiro momento os gadgets serão importados, mas a Multilaser estuda a possibilidade de iniciar a montagem local para aumentar a escala.

Nokia 2.3 terá 2 anos de atualizações do Android

Temos no Nokia 2.3 um dispositivo básico para usuários de entrada: a tela é um LCD IPS de 6,2 polegadas, com resolução HD+, enquanto que a câmera principal conta com 13 megapixels e abertura f/2,2, sendo acompanhada de um sensor de profundidade para efeitos de fundo desfocado em fotos. A câmera selfie, por sua vez possui 5 MP e f/2,4.

Na parte interna, temos o processador octa-core MediaTek Helio A22 com clock de até 2 GHz, 2 GB de RAM, 32 GB de espaço interno e entrada para cartões microSD de até 512 GB. A bateria possui 4.000 mAh e não tem suporte a carregamento rápido, a porta de alimentação/dados é a velha microUSB 2.0 e o carregador é de apenas 5 W.

Na parte da conectividade, a HMD Global destaca o suporte a rádio FM, enquanto que o suporte a redes Wi-Fi de 5 GHz (802.11ac) está ausente, bem como não há NFC. Tais fatos nos lembram de que este é um celular bastante simples, provavelmente para que a fabricante finlandesa teste a receptividade do mercado.

A curiosidade é a presença de um botão dedicado para a Google Assistente, algo que até mesmo a Samsung deixou de implementar para a Bixby.

HMD Global / Nokia 2.3

Embora o Nokia 2.3 saia da caixa rodando o Android 9 Pie, a HMD Global informa que o aparelho terá "atualizações de segurança por mais de três anos mensalmente e atualizações do sistema operacional por mais de dois anos", contados a partir do lançamento global; neste caso, o suporte seria mantido até janeiro de 2023.

De acordo com a fabricante, a atualização para o Android 10 será liberada nas próximas semanas.

Nokia 2.3 — Ficha Técnica

  • Processador: SoC MediaTek Helio A22, octa-core Cortex-A53 com clock de até 2 GHz;
  • GPU: IMG PowerVR GE8320;
  • Memória RAM: 2 GB;
  • Armazenamento interno: 32 GB;
  • Armazenamento externo: Suporta cartões microSD de até 512 GB;
  • Tela: LCD IPS de 6,2 polegadas, proporção 19:9 e resolução de 1.520 x 720 pixels (271 ppi), com notch em forma de gota;
  • Câmeras traseiras:
    • Wide de 13 megapixels, abertura f/2,2;
    • Sensor de profundidade de 2 megapixels;
  • Câmera selfie: 5 megapixels, abertura f/2,4;
  • Conectividade: 4G/LTE Dual-SIM, Wi-Fi 802.11a/b/g/n, Bluetooth 5.0, AD2P, BLE, A-GPS, GLONASS, BDS;
  • Extras: Rádio FM;
  • Bateria: 4.000 mAh;
  • Portas: microUSB 2.0 e P2 para fone de ouvido;
  • Sistema operacional: Android 9 Pie;
  • Dimensões: 157,7 x 75,4 x 8,7 mm;
  • Peso: 183 g;
  • Cores: Verde, Dourado e Cinza.

Quando e quanto?

O Nokia 2.3 está disponível a partir deste domingo (3) pelo preço sugerido de R$ 899; os interessados podem adquiri-lo através da loja oficial da Multilaser, ou pelas e-shops parceiras da Pernambucanas e da rede B2W (Submarino, Americanas e Shoptime).

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários