Meio Bit » Games » Sony apresenta o PlayStation 5

Sony apresenta o PlayStation 5

Sony revela a aparência do PlayStation 5, que terá versões com e sem drive óptico; confira os primeiros vídeos com gameplays rodando na plataforma

14 semanas atrás

Acabou o mistério: a Sony finalmente revelou o PlayStation 5, seu próximo console de mesa. Com um design que segue o apresentado pelo controle DualSense e em duas versões, com e sem entrada para discos, a plataforma veio acompanhada de diversos vídeos, com os primeiros gameplays de jogos rodando no novo hardware.

Sony / PlayStation 5

Novo console tem versão com e sem drive óptico

A Sony reforçou as capacidades do PlayStation 5 sem focar em uma ficha técnica, até porque isso já foi feito na apresentação feita por Mark Cerny tempos atrás. O que sabemos até algora é que o console terá gráficos em 4K a 120 fps, suporte a ray tracing e um SSD integrado muito mais rápido, para permitir que os jogos sejam lidos e iniciados muito mais rapidamente.

Exatamente por isso que a Sony apresentou o PS5 em duas versões: a tradicional, com drive óptico e uma Digital Edition, que dispensa o leitor tal qual a Microsoft fez com o Xbox One S (mas até o momento, não pretende repetir a dose com o Xbox Series X). A presença do leitor de discos sugere que este modelo é mais voltado a quem possui uma velocidade de internet mais limitada, ou que faz questão de ter os estojos e discos em sua estante.

Já para quem abre mão de tudo isso, o PlayStation 5 Digital Edition é uma versão ligeiramente mais fina, mas ambos compartilham do mesmo hardware e design estiloso, em preto e branco.

Sony / PlayStation 5

Sony / PlayStation 5

A Sony apresentou também uma série de acessórios para o PlayStation 5, como o novo headset Pulse 3D, com áudio em wait for it...) três dimensões, o controle remoto de mídia e a câmera HD, todos com o mesmo design bicolor, mas sem maiores especificações.

Os detalhes mais interessantes do PS5, como o preço e a data de lançamento também não foram revelados, e sabe-se apenas que o console chegará às lojas no outono de 2020 no hemisfério norte (entre setembro e novembro), a tempo do Natal.

Sony PlayStation 5 (PS5) — Ficha Técnica

  • Processador: octa-core AMD de arquitetura Zen 2 (7 nm), com clock de até 3,5 GHz;
  • Chip gráfico: GPU customizada RDNA 2 com 36 unidades computacionais, clock de até 2,23 GHz e 10,28 Tflop/s;
  • Memória RAM: 16 GB GDDR6;
  • Largura de banda da RAM: 448 GB/s;
  • Taxa de transferência da RAM: 14 GB/s;
  • Armazenamento interno: SSD customizado de 825 GB, barramento de 12 canais e controlador PCI Express 4.0, com taxa de transferência de 5,5 GB/s (tamanho original) ou 8,9 GB/s (compactado);
  • Armazenamento expansível: Compatível com SSDs NVMe;
  • Armazenamento externo: suporte a unidades externas via porta USB;
  • Drive óptico: leitor de discos Blu-ray 4K UHD;
  • Reprodução de gráficos: Suporte a 4K a 120 fps e ray tracing.

Claro que um console não se faz sem jogos, e a apresentação da Sony trouxe uma pancada de novos (e alguns não tão novos) títulos para o PlayStation 5. Vamos a eles:

Grand Theft Auto 5 (e GTA Online de graça)

Você achou que finalmente veria GTA VI? Pois achou errado.

A verdade é que a Rockstar fez do quinto capítulo da série (especificamente GTA Online) uma vaca leiteira rendendo muito dinheiro em todas as plataformas em que está disponível. Assim, é muito mais simples apresentar outra versão remasterizada do game, pulando mais uma geração, e claro, vender o jogo mais uma vez.

A parte interessante é que os donos do PS5 ganharão GTA Online de graça, enquanto quem possui o jogo no PS4 receberá US$ 1 milhão ingame por mês até 2021; claro, é um incentivo para migrar de um console para outro e continuar torrando seu dinheirinho no jogo, por muitos e muitos anos.

Marvel's Spider-Man: Miles Morales

O primeiro grande anúncio do PS5 é, sem muita surpresa, o próximo jogo do Homem-Aranha da Insomniac Games. Só que desta vez e aproveitando o sucesso do excelente e (merecidamente) oscarizado longa animado Homem-Aranha no Aranhaverso, sai Peter Parker e entra Miles Morales como protagonista, que carregará o legado do escalador de paredes.

Considerando que o primeiro jogo vendeu mais de 13 milhões de cópias, e que Morales é um personagem querido pelos fãs, é certo que este será um dos primeiros grandes system sellers da plataforma.

Marvel's Spider-Man: Miles Morales chega no fim de 2020.

Gran Turismo 7

A Polyphony Digital ficará a cargo de Gran Turismo 7, que tem a dura missão de trazer de volta a relevância da franquia clássica de corrida de carros da Sony, principalmente depois que a série Forza entregou títulos melhores nos últimos anos.

A aposta com o PS5 é usar todo o poder de fogo do console, principalmente a capacidade de supostamente entregar uma taxa de frames constante de 120 fps para impressionar os jogadores. Claro, é bem provável que o próximo Forza fará a mesma coisa na concorrência. Gran Turismo 7 não tem data de lançamento.

Ratchet & Clank: Rift Apart

Mais um da Insomniac, Ratchet & Clank: Rift Apart também não tem data, mas vai trazer nossos velhos amigos em uma nova aventura e novos problemas, desta vez tendo que lidar com fendas dimensionais, daí o nome. De início o jogo está bem bonito, o mínimo que se espera de um game para todas as idades.

Project Athia

A Square Enix apresentou um novo título do estúdio Luminous Productions, basicamente o time responsável por Final Fantasy XV, que implementou a engine Luminous Studio. Não há detalhes sobre enredo, jogabilidade, data de lançamento, mas pelo trailer, dá a entender que Project Athia (nome provisório) seja um Action RPG.

Stray

O jogo da BlueTwelve distribuído pela Annapurna Interactive é estrelado por um gato perdido, que precisa desvendar um mistério em uma cidade povoada de robôs, para sobreviver e voltar para casa. Os visuais e efeitos de luz e sombra são muito bem feito. Stray tem lançamento previsto para 2021.

Returnal

O novo título da Housemarque (Resogun), Returnal é um shooter em terceira pessoa, onde a protagonista é uma astronauta presa em planeta estranho, que se torna parte dela (ou assim parece) toda vez que ela morre e volta a viver.

Outro título sem data, o visual e as texturas, principalmente de expressão são muito boas, embora ainda se assemelhem muito com as do PS4, o que é normal em jogos de transição de gerações.

Sackboy: A Big Adventure

A Sumo Digital vai trazer o primeiro adventure estrelado pelo adorável protagonista da série Little Big Planet. Aqui, o jogador e amigos poderão apreciar um jogo de plataforma completo, que por enquanto, não parece ter nenhum tipo de recurso para edição de fases, mas que seria muito estranho não inclui-los.

Novamente, Sackboy: A Big Adventure não tem data de lançamento.

Destruction AllStars

Um jogo focado no bom e velho esporte de corrida de carros de demolição, estrelado pelos pilotos mais variados, malucos e improváveis. A diferença é que eles também são lutadores, e podem também cair na porrada ao invés de só colidirem uns com os outros com seus veículos.

Kena: Bridge of Spirits

A indie Ember Lab apresenta um título inspirado nas aventuras que crianças gostam de criar, ao explorar ambientes novos e interessantes. Só que em Kena: Bridge of Spirits, a protagonista vai interagir com criaturas místicas e encontrar novas maneira de manipular o cenário ao seu redor.

Goodbye Volcano High

Este é uma aventura narrativa, com estilo de desenmho animado e estrelado por animais antropomórficos, visto que a onda furry faz sucesso em desenhos e quadrinhos atualmente. Goodbye Volcano High aborda temas sobre a adolescência, como fim de etapas e relacionamentos. Chega em 2021.

Oddworld Soulstorm

Abe está voltando! O remake de Oddworld: Abe’s Exoddus foi anunciado originalmente em 2015, e só agora ele dá as caras novamente, apresentado pelo próprio Lorne Lanning. Oddworld Soulstorm promete entregar toda a experiência do título original, com toda a pompa e poder de fogo que o PlayStation 5 tem a oferecer.

GhostWire: Tokyo

Shinji Mikami, à frente Tango Gameworks volta a apostar em um thriller de terror com ação, ambientado em Tóquio e em primeira pessoa, onde o jogador terá que usar de uma série de poderes especiais para eliminar criaturas bizarras. GhostWire: Tokyo será lançado em 2021.

JETT: The Far Shore

O estúdio indie Superbrothers, responsável pelo clássico Superbrothers: Sword & Sworcery EP está de volta com seu segundo jogo, após uma década inteira. JETT: The Far Shore é um título de exploração de mundo aberto, que guarda algumas semelhanças com No Man's Sky mas que até o momento, não parece ser procedural.

Além disso, o jogo possui um enredo onde a protagonista, chamada Mei, é enviada para investigar um planeta estranho.

Godfall

O título da Counterplay Games, estúdio formado por desenvovledores que trabalharam em Destiny 2 é um jogo de combate generalizado, onde o jogador pode enfrentar outros sozinho ou se organizar em grupos de três participantes.

Godfall foi originalmente revelado em dezembro de 2019, sendo o primeiro título anunciado para o PS5.

Solar Ash

Dos mesmos criadores de Hyper Light Drifter, Solar Ash possui uma ambientação surreal similar ao título anterior, mas deixa os gráficos pixelados para trás e adota uma identidade visual 3D, que lembra Journey mas com tons mais sombrios, inclusive na narrativa.

Hitman III

A IO Interactive vai entregar em Hitman III o contrato final do Agente 47, fechando a história abordada na mais recente série como uma trilogia. Aqui, o protagonista terá mais alvos para abater em diversar situações, em diversos locais do mundo, como em Dubai, visto no trailer. O jogo será lançado em janeiro de 2021.

Astro's Playroom

Os mascotes do Playroom, o aplicativo do PS4 que permite criar vídeos e transmissões também vão ganhar um jogo próprio, nos mesmos moldes de Sackboy: A Big Adventure. Não há muito o que dizer sobre Astro's Playroom, a não ser que a identidade e estilo de ambos os títulos são bem parecidas.

Little Devil Inside

O jogo da neostream mescla elementos de survival e Action RPG em uim mundo semi-aberto, segundo a desenvolvedora, com gráficos cartunescos e uma veia humorística bem peculiar, o que de certo faz com que Little Devil Inside seja minimamente original.

NBA 2K21

A próxima versão da franquia da NBA, desenvolvida pela 2K Games chegará no outono de 2020, e será um dos primeiros jogos disponíveis com o console. O teaser não mostrou absolutamente nada, mas dado que sempre há público, não há muito o que inventar aqui.

Bugsnax

Os criadores de Octodad apresentam um jogo ambientado em uma ilha povoada por criaturas fofinhas, onde qualquer semelhança com Animal Crossing não é mera coincidência, mas que pelo trailer, dá a entender que Bugsnax não será apenas de momentos divertidos.

Demon's Souls

Retrocompatibilidade quem?

A Bluepoint Games, responsável pelo remake recente de Shadow of the Colossus irá refazer o primeiro jogo da franquia Souls para o PS5. Embora a trilogia Dark Souls seja muito mais popular, muita gente ainda atribui a Demon's Souls o título de jogo mais difícil e insano da From Software, que agora, terá toda uma nova plataforma para aterrorizar.

Deathloop

A Arkane Studios e a Bethesda apresentam um curioso shooter com uma mecânica de loop temporal, em que o protagonista está preso em um ciclo de morte e retorno constante, com todo mundo querendo arrancar a sua pele.

Deathloop é uma aventura no estilo Blaxploitation (Shaft, Django Livre), um gênero muito pouco explorado nos games historicamente, até porque fazê-lo de modo correto, sem que fique caricato é bem difícil, mas aqui, parece que seguiram bem a receita de bolo.

Resident Evil Village

O oitavo capítulo da franquia de Survival Horror da Capcom segue o estilo narrativo visto em Resident Evil VII, se passando anos depois do último jogo e novamente estrelado por Ethan, que se vê às voltas com uma vila e seus habitantes bizarros. E ah, as inexplicáveis e crueis atitudes de Chris Redfield.

Pragmata

Talvez o trailer mais inexplicável, Pragmata é a nova propriedade intelectual da Capcom. Aqui, vemos um astronauta interagindo com uma garotinha (um androide?), um gato holográfico, um céu virtual, um satélite em queda livre e a Lua.

Eu disse, não tente entender.

Horizon Forbidden West

O último trailer, revelado antes do visual do PlayStation 5 não poderia ser outro, se não a próxima aventura de Aloy. Horizon Forbidden West é a continuação do jogo da Guerilla Games quew trará novas locações (nossa protagonista está agora no que sobrou da costa oeste dos EUA, em San Francisco), interagindo com novas formas de vida reais e outras formas de máquinas, como crocodilos e mamutes.

E ao que tudo indica, Sylens (e HADES) darão muita dor de cabeça para Aloy, que segue em sua jornada para salvar e proteger o mundo.

Com informações: PlayStation Blog.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários