Meio Bit » Games » Nintendo Switch será lançado no Brasil — mas devemos comemorar?

Nintendo Switch será lançado no Brasil — mas devemos comemorar?

Nintendo surpreende ao anunciar o lançamento oficial do Switch no Brasil, mas sem que maiores informações tenham sido dadas, será que devemos nos empolgar?

34 semanas atrás

E aquilo que parecia impossível acontecerá: depois de diversos anos nesta indústria vital, a Nintendo anunciou que está chegando oficialmente ao Brasil! A notícia pegou muita gente de surpresa, deixou outros tantos incrédulos, mas afinal, será que realmente temos motivos para comemorar?

Nintendo Brasil

Mas antes de dizer porque eu não fiquei tão empolgado com a novidade, vale explicar que ela foi divulgado inicialmente através da conta oficial da Nintendo of America no Twitter, onde a companhia deixou a seguinte mensagem:

Saudações a todos os fãs brasileiros da Nintendo por aí! Estamos empolgados em anuncia que o #NintendoSwitch está chegando ao Brasil!

Além disso, eles aproveitaram para dizer que maiores novidades serão divulgadas através das contas brasileiras da empresa no Instagram e no Facebook, locais em que o lançamento do Switch também foi confirmado. E… foi isso. Nenhuma previsão de data, nada sobre o preço que será cobrado tanto pelos jogos quanto pelo videogame, nada!

Pois é por causa disso que não consigo deixar de demonstrar todo o meu ceticismo em relação a como essa representação oficial poderá facilitar a vida dos que querem ou já possuem um Switch. Será que enfim teremos títulos com preços mais acessíveis? Será que em breve encontraremos Switchs nas lojas sendo vendidos por valores não tão absurdos quanto R$ 4.000? Será que a BigN passará a investir na localização de seus títulos?

É óbvio que qualquer resposta para essas perguntas não passa de mera especulação, mas em relação as duas primeiras, a única possibilidade deles serem positivas é se a empresa passar a fabricar tanto o videogame quanto os jogos por aqui — algo que parece pouquíssimo provável, ao menos num primeiro momento.

Já em relação a termos algo como um Animal Crossing: New Horizons ou um Paper Mario: The Origami King em português, acho não só mais viável como até necessário. Até por se tratar de uma empresa que tem tanto apelo aos mais jovens, sempre achei um absurdo seus jogos não estarem disponíveis na nossa língua e por isso espero que esse súbito interesse pelo Brasil faça com que os executivos da Nintendo percebam isso.

Aliás, pode parecer estranho a empresa decidir investir numa representação oficial agora, vários anos após a Gaming do Brasil ter desistido do nosso país e depois da Playtronic e da Latamel também terem chegado à conclusão de que não valia a pena continuar por aqui. Essa sensação fica ainda mais forte ao olharmos para o valor altíssimo do dólar, o que torna praticamente impossível a tentativa de oferecer produtos por preços mais acessíveis.

Porém, é preciso levar em consideração o fato de que 2020 tem sido um ano muito bom para as empresas de videogames, com as vendas tendo alcançado números impressionantes. A própria Nintendo registrou um aumento considerável nas vendas digitais e muito disso se deve à pandemia do coronavírus, com as pessoas tendo passado mais tempo dentro de suas casas e buscado maneiras de se manterem ocupadas.

Também não podemos ignorar que o Switch já possuía uma loja virtual brasileira, onde os consumidores podem adquirir títulos cujos preços são cobrados na nossa moeda. Por falar nisso, se serve como indicativo do que está por vir, vale citar que recentemente alguns jogos tiveram um aumento considerável nos seus valores praticados por lá.

Portanto, eu odeio ser o sujeito estragar prazeres, alguém que estaria enxergando apenas o copo meio vazio nesta história, mas a menos que os executivos da Nintendo se manifestem em breve e mostrem o contrário, infelizmente não consigo ter muita esperança de que o cenário que temos hoje mudará consideravelmente, pelo menos não em pouco tempo. E olha que falo isso como alguém que pretendia adquirir um Switch até o fim do ano, então torço muito para estar errado.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários