Meio Bit » Games » Flight Simulator poderá movimentar bilhões de dólares em hardware

Flight Simulator poderá movimentar bilhões de dólares em hardware

Sedentos por ter a melhor experiência possível com o Microsoft Flight Simulator, fãs deverão investir pesado na aquisição de peças para seus computadores

24/08/2020 às 9:48

De tempos em tempos algum jogo muito aguardado faz com que pessoas invistam na aquisição de peças ou até mesmo de computadores completos para poderem aproveitá-los. Normalmente são títulos que exigem máquinas poderosas, que movimentam muito dinheiro neste mercado e de acordo com um analista, o Microsoft Flight Simulator deverá ser um que disparará este fenômeno.

Microsoft Flight Simulator

Sendo um feroz devorador de recursos, o novo Flight Simulator tem sido apontado por alguns como "o Crysis dos dias atuais", um título que ainda deverá demorar um bom tempo para que tenhamos equipamentos capazes de tirar tudo o que ele tem a oferecer. Por isso, para Ted Pollak, da Jon Peddie Research, o lançamento do simulador deverá fazer com que US$ 2,6 bilhões sejam movimentados com a venda de hardware.

Os simuladores de voo são incrivelmente exigentes na capacidade de processamento e para recompensar com alta resolução, monitores grandes e o uso de realidade virtual. Quando novos simuladores de voo são lançados, o hardware para rodá-los na configuração e performance máxima nem mesmo existem ainda. Isso cria uma situação de demanda constante por hardware ao longo da vida do título e os fãs buscam pela melhor experiência. Um número significativo de fãs de simuladores de voo só jogam simuladores de voo. Nós levamos isso em consideração ao calcular se o dinheiro será gasto especificamente ou parcialmente por causa deste jogo.

De acordo com o levantamento feito por eles, tal valor deverá ser alcançado por volta de 2023, com a estimativa de que o jogo venda algo em torno de 2,27 milhões de cópias. O que não ficou claro é se na conta eles estão considerando as pessoas que terão acesso ao Microsoft Flight Simulator através da assinatura do Xbox Game Pass, onde o título foi disponibilizado no dia 18 de agosto.

Já para o presidente da empresa de análises, os maiores beneficiados com o lançamento desta versão do Flight Simulator deverão ser a Intel e a AMD, devido a maneira como os simuladores exigem dos processadores dos PCs. Segundo ele, “o framerate só pode ser desenhado quando todos os cálculos de física são resolvidos e as simulações precisam de mais resoluções físicas e ambientais pela CPU do que os jogos normais.

Além dessas empresas, a Nvidia é outra que também deverá ter motivos para comemorar, já que na busca por maiores resoluções, os jogadores deverão investir na compra de placas de vídeo mais poderosas. Por fim, os entusiastas ainda deverão adquirir diversos periféricos para poderem se sentir os mais imersos possíveis no fantástico (e bagunçado) mundo virtual criado pela parceria entre a Asobo Studio e a Xbox Game Studios.

Entre esses acessórios está o Alpha Flight Controls Yoke & Switch Panel, esta belezinha fabricada pela Honeycomb e que custa US$ 249,99, cujo vídeo abaixo mostra um pouco como ela é:

Contudo, preciso admitir ter ficado surpreso com a informação de que um título como este tem capacidade de movimentar tanto dinheiro. Sim, eu sei que o pessoal apaixonado por simuladores de voo são capazes até de investir o suficiente para recriar o cockpit de aviões. O que eu não podia imaginar era que existia tanta gente por aí disposta a tirar o máximo que podem desses títulos, a ponta de movimentar bilhões de dólares graças a upgrades em seus computadores.

Fonte: Video Games Chronicle

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários