Meio Bit » Games » Amazon anuncia o Luna, seu serviço de jogos pela nuvem

Amazon anuncia o Luna, seu serviço de jogos pela nuvem

De olho no Google Stadia e no XCloud, Amazon revela seu serviço de jogos pela nuvem e abre inscrição para os interessados em conhecer o Luna

24/09/2020 às 16:08

E aconteceu aquilo que muitos já esperavam: depois de Sony, Microsoft e Google se arriscarem pelo mercado de jogos entregues por streaming, a Amazon anunciou a criação do Luna fazendo com que ela se torne mais uma gigante a explorar esse modelo de distribuição tão interessante, mas que ainda não conseguiu cair no gosto de boa parte do público.

Amazon Luna

Crédito: Divulgação/Amazon

Usando a estrutura do Amazon Web Services (AWS), assim como nos concorrentes, a ideia é permitir que as pessoas possam jogar em qualquer lugar, incluindo aí o iPhone ou iPad — vale lembrar que recentemente a Apple vetou o xCloud e o Stadia nos seus aparelhos. Isso, no entanto, não significa que a empresa deixará de lado outras plataformas como o PC, Mac ou mesmo os dispositivos Fire TV. Quem utiliza um aparelho Android também pode ficar tranquilo, pois em breve eles serão atendidos.

Além disso, a Amazon também revelou a existência do Luna Controller, um gamepad compatível com a Alexa e que nos permitirá iniciar os jogos usando comandos de voz. Como ele não precisa passar por um aplicativo, conseguindo se conectar diretamente ao serviço, a promessa é de que ao o utilizarmos tenhamos a menor latência possível. Para isso, o recomendado é que o usuário tenha uma conexão de pelo menos 10 Mbps, com 35 Mbps sendo o exigido para obtermos jogos em 4K.

Contudo, é importante salientar que o Luna também será compatível com qualquer controle Bluetooth ou com a dupla teclado e mouse. Já para os interessados no gamepad da Amazon, neste período em que o serviço estiver sendo oferecido como acesso antecipado, o preço cobrado por ele será de US$ 50.

Amazon Luna Controller

Crédito: Divulgação/Amazon

A Amazon ainda anunciou a disponibilização do Luna+, um serviço de assinatura que nos dará acesso a uma biblioteca de jogos mediante o pagamento de uma mensalidade de US$ 6. De acordo com a empresa, alguns títulos poderão ser executados até com uma resolução 4K e com 60 FPS, sendo que até dois aparelhos poderão aproveitar uma mesma conta simultaneamente.

Quanto aos jogos confirmados para esta primeira etapa, alguns deles serão os seguintes:

  • A Plague Tale: Innocence
  • ABZU
  • Brothers: A Tale of Two Sons
  • Control
  • GRID
  • Iconoclasts
  • Panzer Dragoon
  • Resident Evil 7
  • The Surge 2
  • Yooka-Laylee and the Impossible Lair

Com o tempo, outros jogos serão adicionados ao catálogo e já podemos esperar muita coisa da Ubisoft. Graças a uma parceria com a editora francesa, títulos como Assassin's Creed Valhalla, Far Cry 6 e Immortals: Fenyx Rising deverão ser disponibilizados nos dias dos seus respectivos lançamentos, mas eles serão vendidos individualmente e nada foi dito sobre o preço que será cobrado para os adquirimos.

Ainda sobre a quantidade de jogos que deverão aparecer no Luna, a gerente de desenvolvimento de negócios do Luna, Lisa Schwenke, afirmou que “o objetivo é continuar tendo algo para todos, ver o que os consumidores estão curtindo e tentar trazer mais disso.” Segundo ela, podemos esperar mais do que existe atualmente no Stadia, mas menos do que é visto sendo oferecido pelo Xbox Game Pass.

A Amazon também aproveitará para fazer uma integração com o Twitch nesta nova investida, com as transmissões de jogos feitas por outras pessoas podendo ser acompanhadas pela interface do Luna e os jogadores sendo capazes de iniciar um game direto do Twitch.

Por fim, o período de inscrições para os interessados em testar o Luna já teve início através do site oficial, mas ele só está disponível para quem mora nos Estados Unidos. Como de costume, nada foi mencionado sobre quando o serviço será expandido para outros países, mas a julgar pela maneira como os concorrentes continuam nos ignorando, eu não teria esperança de vê-lo chegar ao Brasil tão cedo.

Fonte: Polygon

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários