Meio Bit » Games » Fãs do Ghost of Tsushima ajudam a restaurar santuário da ilha

Fãs do Ghost of Tsushima ajudam a restaurar santuário da ilha

Jogadores de Ghost of Tsushima ajudam a arrecadar US$ 260 mil para restaurar santuário xintoísta localizado na ilha japonesa onde se passa o game

12/01/2021 às 10:51

Eu gosto de dizer que os games são uma excelente forma de disseminação cultural e um título que fez isso muito bem recentemente foi o Ghost of Tsushima. Até a criação da Sucker Punch ser lançada, poucas pessoas conheciam a ilha japonesa onde se passa a história do samurai Jin Sakai e graças a popularidade do jogo, em breve o lugar se tornará um pouco mais bonito.

Ghost of Tsushima

Crédito: Divulgação/Sucker Punch

Tudo começou em meados de novembro de 2020, quando um Jichinsai, ou seja, sacerdote do santuário Watatsumi criou uma campanha de financiamento coletivo que visava arrecadar dinheiro para reconstruir um portão Torii que havia sido destruído após a passagem de um tufão pela ilha. Esses portões são conhecidos por sinalizar a entrada de templos xintoístas e o objetivo era conseguir ¥ 5 milhões (US$ 47.500), mas graças a enorme adesão de pessoas que se encantaram pelo Ghost of Tsushima, o valor alcançado foi muito superior.

Para a surpresa do organizador da campanha, Yuichi Hirayama, quando a campanha se encerrou no último domingo (10), mais de 2.000 pessoas haviam contribuído, com o total arrecadado tendo sido de US$ 260 mil. Por lá o Jichinsai agradeceu:

Recebemos muito apoio dos jogadores do Ghost of Tsushima, que é situado em Tsushima e sinto que é a orientação de Deus. Sou muito grato pelo suporte de tantas pessoas durante a vida limitada por causa do coronavirus e a desafiadora situação econômica […] Quando a infecção do novo coranavirus tiver passado, eu sinceramente espero que essas pessoas aproveitem uma viagem a Tsushima.

Agora a expectativa é de que a reforma tenha início em abril, se estendendo até agosto e com o dinheiro adicional que eles conseguiram, o plano é utilizá-lo para consertar os arredores do santuário e até mesmo a estrada que leva a ele. Além disso, será criado um monumento nas proximidades onde será gravado o nome de todos aqueles que contribuíram com pelo menos ¥ 10 mil (algo em torno de US$ 95).

Portão Torii no santuário Watatsumi (Crédito: opqr/Wikimedia Commons)

Contudo, a contribuição que o jogo da Sucker Punch tem dado para a ilha de Tsushima vai muito além desta vaquinha virtual. Mesmo não sendo uma cópia fiel do que encontramos no mundo real, o título tem sido usado como uma maneira de incentivar o turismo no local, inclusive com a prefeitura de Nagasaki, que administra a ilha, tendo criado uma página para mostrar alguns pontos que podem ser encontrados no jogo.

E por falar nisso, um detalhe interessante é que apesar desta enorme ajuda por parte dos jogadores, o santuário dedicado às divindades Hikohohodemino Mikoto e Toyotamabime nem está presente no Ghost of Tsushima, o que parece não ter sido um problema para quem resolveu fazer uma doação. Portanto, acho até que seria muito bacana se a Sucker Punch aproveitasse a oportunidade e lançasse uma atualização que nos permitisse visitar o santuário.

Curiosidade: na série Star Fox podemos fazer a nave passar por arcos e segundo Shigeru Miyamoto, a ideia veio dos vários portões Torii presentes em Fushimi Inari Taisha, que é o templo-mãe dos santuários Inari. Pintados de vermelhos, esses portões são decorados com imagens de raposas, animal considerado pelos xintoístas como o mensageiro do deus Inari.

Fonte: Siliconera.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários