Meio Bit » Games » Conheça Revolver, o cancelado sucessor espiritual do Jade Empire

Conheça Revolver, o cancelado sucessor espiritual do Jade Empire

Diretor revela artes conceituais e mostra como poderia ter sido o Project Revolver, jogo da BioWare que funcionaria como uma continuação para o Jade Empire

45 semanas atrás

Eu nunca cansarei de dizer o quanto acho o Jade Empire um jogo muito injustiçado. De todos os ótimos títulos que a BioWare já produziu, acho que nenhum recebeu tão pouca atenção quanto aquele que nos levava a uma viagem pela mitologia chinesa, mas entendo que isso sirva para explicar porque ele não chegou a receber uma continuação.

Revolver, ou Jade Empire 2

Arte conceitual do Revolver (Crédito: Matt Rhodes/BioWare)

Tudo bem, parte da culpa por este desinteresse deve ser jogada no próprio estúdio, já que ele aceitou fazer do Jade Empire um exclusivo do primeiro Xbox, isso quando o console já estava sendo substituído pelo seu sucessor. Então, quando em 2007 aquele RPG de ação enfim apareceu nos computadores, talvez o seu tempo já tivesse passado.

De qualquer forma, desenvolver uma continuação sempre esteve nos planos da BioWare e um dos projetos relacionados a franquia que só conhecemos mais detalhes recentemente atendia pelo nome Revolver. Cancelado sem alarde em 2008, a primeira vez que o público tomou conhecimento da sua existência foi em 2020, quando a desenvolvedora lançou o livro BioWare: Stories and Secrets from 25 Years of Game Development e nele já era possível ver que o jogo contaria com uma ambientação completamente diferente.

De acordo com as artes conceituais presentes na publicação, Revolver se passaria num futuro próximo e deveria contar com um visual que lembra muito os vistos em obras no estilo cyberpunk. A ideia seria nos colocar para explorar um vasto mundo aberto enquanto conhecíamos as história de vários personagens através de diálogos que seriam guiados pelos jogadores, assim como vimos na série Mass Effect.

Tendo permanecido em desenvolvimento por três anos, a empresa planejava lançar o jogo para PC, PlayStation 3 e Xbox 360, inclusive tendo passado parte do projeto para a Big Sandwich Games, estúdio que havia sido formado por ex-funcionários da Rockstar Vancouver. Caberia a eles fazer com que os elementos de mundo aberto funcionassem corretamente, mas quando a BioWare optou por focar na criação do Mass Effect 2 e do Dragon Age: Origins, o Revolver acabou sendo deixado de lado.

Arte conceitual do Revolver (Crédito: Matt Rhodes/BioWare)

Pois quem decidiu que estava na hora de revelar mais alguns detalhes daquele projeto foi Matt Rhodes. Através da sua conta no Instagram e no site ArtStation, o diretor de arte tem publicado diversas artes conceituais que foram criadas para o jogo e que servem para termos uma noção do que a equipe estava planejando. Segundo ele, embora o Revolver tenha “iniciado sua vida como uma continuação para o jade Empire, ele evoluiu e mudou seu curso várias vezes ao longo do seu desenvolvimento.

Assim fica um pouco mais fácil entender como um jogo futurista poderia ser considerado um sucessor para uma aventura que se passa num reino fictício que usa elementos do folclore chinês. No entanto, alguns aspectos do primeiro título seriam mantidos, como a possibilidade de lutarmos usando armas brancas, a história que aproveitaria a mitologia do leste asiático ou com tudo se passando num mundo onde homens e monstros dividem o mesmo espaço.

Como o projeto nunca chegou a ser concluído, nos resta tentar imaginar como ele poderia ter ficado, mas pensando apenas no conceito que nos foi revelado, este é um título que eu adoraria ter jogado. Mas, como este é um desejo que não poderei satisfazer, me resta tentar arrumar um tempinho, tirar o pó do disco que está na prateleira aqui de casa e recomeçar uma nova campanha do Jade Empire no Xbox One. Ali pelo menos há a certeza de uma ótima experiência.

Fonte: Gamespot

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários