Meio Bit » Entretenimento » Vazamento da Netflix fez Nintendo desistir de série The Legend of Zelda

Vazamento da Netflix fez Nintendo desistir de série The Legend of Zelda

De acordo com dublador do CollegeHumor, Nintendo desistiu de série do The Legend of Zelda após a Netflix deixar vazar a existência do projeto

03/02/2021 às 8:27

Alguns ainda devem se lembrar de um rumor que surgiu em 2015 e que dizia que a Netflix estava produzindo uma série baseada na franquia The Legend of Zelda. De lá para cá, praticamente não ouvimos falar sobre a adaptação e se na época ela ainda estava em estágio inicial de produção, agora sabemos que tanto este projeto quanto outro baseado no Star Fox podem ter morrido antes mesmo de darem seus primeiros passos.

The Legend of Zelda

Crédito: Divulgação/Nintendo

Sem que qualquer das empresas envolvidas tenham se posicionado oficialmente, quem revelou a inusitada história foi o dublador Adam Conover, ao participar da gravação do podcast The Serf Times:

Em 2015 houve esta notícia de que a Netflix iria fazer uma série do The Legend of Zelda… supostamente seria um live-action e recebeu muita cobertura por parte da imprensa de games. Ao mesmo tempo eu trabalhava no CollegeHumor e tínhamos um projeto secreto em que iríamos fazer uma animação com massinhas do Star Fox com a Nintendo. Sei disso porque Shigeru Miyamoto veio ao nosso escritório e lembro porque pedi ao meu chefe se eu poderia estar no escritório naquele dia [era num final de semana]… ele me disse ‘não’ e ainda estou louco com ele.

Um mês depois, de repente houve relatos de que a Netflix não iria mais fazer o The Legend of Zelda… Eu fiquei tipo, ‘o que aconteceu?’ E então ouvi do meu chefe que não iríamos mais fazer o Star Fox. Pensei que aquilo era estranho, então perguntei a ele o que havia acontecido e ele disse, ‘ah, alguém da Netflix vazou a coisa do The Legend of Zelda… a Nintendo surtou’.

Era a primeira vez em anos que eles faziam algo [externo] com suas propriedades intelectuais, eles não tinha adaptações de qualquer tipo. Mas quando a Netflix vazou, eles enlouqueceram e puxaram o plugue de tudo. Eles cancelaram o programa inteiro para adaptar essas coisas.

Ainda de acordo com Conover, no caso da adaptação do Star Fox, a ideia era fazer algo no estilo do O Fantástico Sr. Raposo, filme de animação stop motion dirigido por Wes Anderson e que foi lançado em 2009. Dois anos depois o CollegeHumor chegou a produzir uma paródia intitulada Fantastic Mr. Star Fox, além de alguns curtas para o serviço de vídeo disponível no 3DS, mas a parceria com a Nintendo acabou por aí.

Fantastic Mr. Star Fox (Crédito: Reprodução/CollegeHumor)

Quanto a adaptação do The Legend of Zelda por parte da Netflix, o pouco que sabemos é que ele deveria funcionar como um Game of Thrones ou um O Senhor dos Anéis, porém mais voltado para uma audiência mais familiar. No papel a ideia parecia muito promissora, mas pelo jeito ela nunca será posta em prática e de acordo com o dublador, tudo porque a empolgação da Netflix para se gabar do acordo acabou fazendo com que todo o projeto desmoronasse.

Conhecida por ser extremamente protetora com suas marcas, é compreensível que a Nintendo não tenha gostado do vazamento, mas será que havia motivos para uma reação tão drástica? Esse tipo de notícia ou rumor costuma acontecer com quase todo tipo de projeto, principalmente quando há empresas de fora envolvidas e não é como se o roteiro das adaptações tivesse caído nas mãos do público ou algo parecido.

No entanto, é preciso levar em consideração a maneira como a Nintendo trabalha e uma possível perda de confiança que teria acontecido após eles terem visto a Netflix vazar a existência da adaptação da tão adorada franquia The Legend of Zelda. Talvez os japoneses simplesmente tenham preferido cortar o mal pela raiz e não permitir que outras informações chegassem ao público ou que tenham visto naquilo a possibilidade de que se criasse uma expectativa exagerada sobre o projeto.

Só é uma pena que eles não tenham aproveitado a ocasião para dar o troco na Netflix e acredito que a melhor maneira de se fazer isso teria sido correr para fechar um acordo com outra empresa. Já pensou um The Legend of Zelda produzido pela HBO?

Fonte: Destructoid.

relacionados


Comentários