Meio Bit » Games » GOG: relembre 10 jogos antigos que se perderam com o tempo

GOG: relembre 10 jogos antigos que se perderam com o tempo

Está com a grana curta? Então conheça alguns jogos que podem ser adquiridos no GOG e que rodarão mesmo em computadores mais antigos

18 semanas atrás

Jogar um título com uma qualidade visual de ponta pode ser uma experiência fantástica, mas na ânsia de buscar sempre o que há de mais avançado visualmente, muitas vezes viramos as costas para clássicos que ainda podem ser extremamente divertidos. E quando se fala em voltar no tempo, o PC continua reinando absoluto, com um dos melhores lugares para comprarmos jogos antigos sendo o GOG.

Jogos antigos no GOG

SWAT 4: Gold Edition (Crédito: Divulgação/Irrational Games)

Repleto de títulos que muitas vezes nem estão disponíveis em outros lugares, o serviço de distribuição digital da CD Projekt pode ser uma ótima maneira de relembrarmos alguns jogos que curtíamos no passado. Pensando nisso, como a loja está realizando uma Promoção de Primavera que será mantida por lá até a próxima segunda-feira (5), decidi reunir alguns jogos antigos que talvez você nem soubesse que continuam disponíveis para a venda.

Para elaborar essa lista, os únicos critérios que estipulei foram: incluir jogos vendidos por um valor máximo de R$ 10, além deles poderem rodar mesmo em computadores mais modestos. Sabe como é, a situação não está fácil para ninguém, uma placa de vídeo nova está custando uma pequena fortuna (isso quando encontramos em estoque), mas se você conseguir juntar umas moedinhas por aí, garanto que com esses títulos poderá passar um bom tempo sem lembrar dos últimos lançamentos.

Sendo assim, vamos às indicações:

Wing Commander 4: The Price of Freedom (R$ 8,29)

Apontado por muitos como o melhor capítulo da série Wing Commander, a versão vendida no GOG possui cutscenes com qualidade de DVD e por se tratar de um título onde elas são tão abundantes, este é um belo ganho em relação ao original.

Contando com as atuações de astros como Mark Hamill e Malcolm McDowell, este simulador espacial custou US$ 10 milhões para ser desenvolvido e chegou a ser descrito na época de seu lançamento como um filme interativo, mas isso não significa que sua jogabilidade deixe a desejar.

Indiana Jones and the Emperor's Tomb (R$ 6,59)

Funcionando como um jogo de aventura 3D, aqui acompanharemos Indy em uma aventura que se passa antes daquela vista em Indiana Jones e o Templo da Perdição. Tudo bem, os controles podem ser um tanto duros e a câmera atrapalhar em algumas partes, mas ainda assim estamos falando de um título muito bom e que deveria ser experimentado por todos que gostam do personagem.

Se curtir o estilo, na loja também é possível encontrar, pelo mesmo preço, o Indiana Jones and the Infernal Machine.

D: The Game (R$ 5,99)

Publicado originalmente para o 3DO em 1995 e depois tendo sido adaptado para outras plataformas, D pode ser considerada a obra prima de Kenji Eno, um game designer que sempre buscou criar títulos diferentes e forçar os limites do que poderia ser aceito pelo público (e pela crítica). Foi com este título que, para incluir uma cena de canibalismo, Eno ousou enganar a censura e o resultado foi um jogo de terror muito interessante e desafiador.

World Rally Fever: Born on the Road (R$ 2,99)

Numa época em que temos gráficos poligonais tão realistas, um jogo como o World Rally Fever pode não agradar muita gente, mas são justamente os seus sprites super coloridos que chamam a atenção e lhe dão um charme especial. Se você gosta de jogos de corrida antigos como OutRun, Top Gear e qualquer outro que fez sucesso nas décadas de 80 e 90, provavelmente se divertirá bastante com essa criação da Team17.

Clive Barker's Undying (R$ 8,29)

Com roteiro de Clive Barker e desenvolvimento da EA Los Angeles (hoje Danger Close Games), Undying é um FPS que passou despercebido por muita gente na época do seu lançamento, mas que continua bom mesmo hoje em dia. Nele seremos um veterano da Primeira Guerra que, após receber uma carta de um amigo, vai à Irlanda para investigar um estranho livro.

Contando com elementos de RPG, o jogo teve um nível de produção alto e consegue entregar uma atmosfera bem pesada.

The Suffering (R$ 4,99)

Após ser condenado à morte por ter assassinado a mulher e seus dois filhos, Torque foi enviado à uma prisão na costa de Maryland, mas aquilo que parecia ruim, logo se tornou muito pior. Um grande terremoto fez com que uma legião de monstros invadisse o lugar e a partir daí, tanto ele quanto os outros detentos farão o possível para se salvarem.

Mesmo não tendo a qualidade de um Resident Evil ou Silent Hill, este é um bom jogo de ação com visão em terceira pessoa e que possui alguns monstros bem assustadores.

Stranglehold (R$ 4,99)

Apesar de jogos baseados em filmes normalmente não serem muito bons, especialmente os antigos, quando o diretor John Woo anunciou que estava trabalhando em um game que serviria como continuação para o filme Fervura Máxima, houve uma certa expectativa de que o resultado fosse pelo menos razoável.

Pois o jogo estrelado pelo ator Chow Yun-fat ficou muito divertido, com as exageradas cenas de ação tendo casado muito bem com um videogame e se você procura um título repleto de tiroteios no melhor estilo Max Payne, ficará satisfeito em assumir o controle do Inspetor "Tequila" Yuen.

Outlaws + A Handful of Missions (R$ 6,59)

A LucasArts sempre será lembrada pelos ótimos adventures point and click, mas isso não impediu que o estúdio criasse outros jogos muito interessantes e entre os antigos, um deles atendia pelo nome Outlaws. Criado com a Jedi Engine, mesma que foi utilizada no espetacular Star Wars: Dark Forces, nele éramos transportados para o Velho Oeste e lá teríamos que encarnar James Anderson para nos vingar de uma gangue de bandidos que matou sua esposa e sequestrou suas filhas.

Moto Racer 2 (R$ 2,39)

Embora não tenha nada de muito espetacular, eu sempre gostei da série Motor Racer. Na época do PlayStation eu adorava passar horas e mais horas disputando corridas diante da TV e naquela época eu jamais imaginaria que um dia teria a oportunidade de adquirir a trilogia por menos de R$ 10. Porém, se tiver que escolher só um deles, eu fico com o segundo, já que o seu editor de circuito faz com que a diversão seja quase infinita.

SWAT 4: Gold Edition (R$ 8,49)

Esqueça os jogos de tiro onde temos que acertar qualquer coisa que se mova e esqueça um enredo profundo, pois aqui o seu objetivo será elaborar a melhor tática possível para resgatar reféns, prender suspeitos e realizar qualquer missão típica da vida de um policial da SWAT. Desenvolvido pela Irrational Games, mesmo estúdio que depois nos daria a série BioShock, este é um FPS que deverá agradar principalmente aqueles que gostam de uma experiência mais realista.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários