Meio Bit » Entretenimento » Os easter eggs e referências no filme Mortal Kombat

Os easter eggs e referências no filme Mortal Kombat

Já assistiu o novo filme do Mortal Kombat? Então conheça as principais referências presentes no longa que reimagina a famosa franquia de jogos de luta

11 semanas atrás

Em alguma tarde de 1995 eu saí de casa, peguei um ônibus e com a empolgação nas alturas, fui até um pequeno cinema no centro de Curitiba. Sem ainda ter muita noção de que transformar um jogo em filme tinha um grande potencial para dar errado, eu estava ansioso para ver como tinha ficado a adaptação do Mortal Kombat. Desde então nunca mais vi aquele longa-metragem, mas a memória que tenho dele é a melhor possível, ainda considerando a obra de Paul W.S. Anderson como uma das melhores representações de um game na telona.

Mortal Kombat - Filme

Crédito: Divulgação/New Line Cinema/Warner Bros.

Mais de duas décadas depois, cá estamos diante de uma nova representação da tão popular franquia no cinema e para quem gosta de adaptações cheias de referências, o novo filme do Mortal Kombat é um deleite. De fatalities a movimentos iônicos, passando pela presença de alguns personagens que marcaram a série, o diretor Simon McQuoid e o roteirista Greg Russo fizeram um bom trabalho ao tentar agradar os fãs, com a aventura estando repleta de referências aos jogos.

Devido a grande quantidade de homenagens feitas durante a exibição e como algumas são bem sutis, é possível que muitas pessoas não as percebam e pensando nisso resolvemos criar uma lista com esses easter eggs. Para aqueles que ainda não assistiram o filme Mortal Kombat e gostam de ser surpreendidos, é importante notar que a partir daqui o artigo contará com diversos spoilers da história, alguns mais leves, outros nem tanto. Portanto, esteja avisado!

Scorpion vs Sub-Zero

Um dos momentos mais legais do longa se dá logo no início, onde acompanhamos uma violenta luta entre Hanzo Hasashi e Bi-Han. Acontecendo no Japão do século XVII, o combate marca o começo da maior rivalidade da franquia, já que a dupla acaba se transformando nos personagens Scorpion e Sub-Zero, respectivamente. O encontro nem chegará a ser uma surpresa para muitos, afinal a rivalidade é bem conhecida por quem conhece Mortal Kombat e ele tinha sido divulgado na íntegra antes mesmo do filme ser lançado.

A homenagem aos criadores

Embora o filme conte com diversos lutadores bastante conhecidos da franquia Mortal Kombat, o roteirista optou por fazer com que o protagonista fosse um personagem inédito. Cole Young é um ex-lutador de MMA, cujo maior feito foi ter derrotado o grande campeão Eddie Tobias. Quem é das antigas certamente se dará conta de que o nome é a junção de Ed Boon e John Tobias, aqueles que criaram a franquia.

Sub-Zero e sua magia de gelo

Esta é provavelmente a referência mais difícil de ser notada, já que ela aparece rapidamente na tela. Enquanto Jax e Sub-Zero lutam em um depósito, no momento em que o ninja congela a arma do adversário é possível ver a inscrição "↓, →, LP” na parede ao fundo. Este é o comando necessário para dispararmos a mais famosa magia do personagem, algo que nunca mudou durante todos esses anos.

Crédito: Reprodução/New Line Cinema/Warner Bros.

Sonya Blade, a investigadora

Quando Cole estiver na casa de Sonya e ela estiver explicando a ideia do torneio ao protagonista, preste repare nos papéis presos na parede. Entre eles é possível ver um artigo falando sobre um guerreiro da tribo Matoka e que é muito parecido com Nightwolf. Tendo estreado no Mortal Kombat 3, ele juntou-se ao lado do bem, sendo um dos parceiros de Raiden.

No mesmo lugar também existe uma foto de um vaso com o desenho de um centauro, provavelmente uma referência a Motaro. Além dele, temos ainda um busto que parece um deus azteca e ali os criadores aparentemente deixaram a brecha para um dia vermos Kotal Kahn aparecer em uma continuação. Por falar nisso, saiba que pelo menos mais quatro filmes deverão ser produzidos.

Crédito: Reprodução/New Line Cinema/Warner Bros.

Um réptil mais “realista”

Precisando utilizar todas as armas que tem em mãos para evitar a realização do Mortal Kombat, em determinado momento do filme Shang Tsung decide enviar à Terra um ser chamado Syzoth, o reptiliano. Embora a maioria das pessoas conheçam Reptile como apenas “uma versão verde do Sub-Zero/Scorpion”, seu nome verdadeiro é Syzoth e no filme ele é mostrado como um enorme lagarto humanóide. Destaque para a sua capacidade de ficar praticamente invisível e seu cuspe ácido, assim como nos games.

As paredes do templo de Raiden

Outra cena do filme em que as paredes são utilizadas para mencionar passagens importantes do universo Mortal Kombat é aquela em que os heróis chegam ao templo de Raiden. Nelas podemos ver uma homenagem ao Grande Kung Lao — não confundir com aquele sujeito que utiliza um chapéu com serra. Ele é um ex-campeão do torneio que dá nome à série e que foi criado na Ordem da Luz. Na pintura podemos vê-lo comemorando uma vitória, mas a situação muda completamente no mural seguinte.

Nele temos um príncipe Shokan também conhecido como Goro partindo o herói ao meio, uma morte que representou a nona vitória seguida do Outworld e que motivou Shang Tsung a conquistar a décima, para assim poder invadir a Terra. Lá também há um mural dedicado ao temido Shao Kahn, um dos principais vilões da série.

Mortal Kombat - Filme

Crédito: Reprodução/New Line Cinema/Warner Bros.

Por fim, em outra pintura podemos ver a feiticeira Della e o deus protetor de Edenia, Argus. Figuras importantes no Mortal Kombat: Armageddon, coube a eles criarem uma poderosa entidade que ficaria responsável por guiar os passos de seus filhos e na arte podemos ver um deles, Taven, que foi posto para dormir na esperança de que assim não sucumbiria às tentações do mal.

Um leque e um amuleto

Mas o templo de Raiden não possui apenas pinturas bonitinhas na parede. Conforme os personagens andam pelo lugar é possível ver que o Deus do Trovão também guarda alguns itens importantes, entre eles o famoso leque de Kitana. Enteada de Shao Kahn, por muito tempo ela defendeu o imperador, mas acabou mudando de lado e se tornando uma protetora da Terra. Porém, como ela não é uma terráquea e sim nasceu em Edenia, é possível que apareça só nos próximos filmes.

Outro “brinquedinho” presente no templo é uma peça com uma gema verde no centro, que o Kano tenta roubar enquanto Liu Kang está submetendo os lutadores a um treinamento. O motivo da preocupação do personagem não é para menos, afinal o amuleto que outrora pertenceu a Shinnok é um dos objetos mais poderosos do universo Mortal Kombat, amplificando absurdamente o poder mágico do seu detentor e podendo controlar os elementos, aprisionar almas e até mesmo dar início ao armagedom.

Crédito: Reprodução/New Line Cinema/Warner Bros.

Não vale apelar!

Quem jogou o primeiro jogo da série provavelmente lembra do quão irritante era enfrentar outra pessoa e ela recorrer as rasteiras para nos impedir de levantar. Quando executados no momento correto, era difícil evitar esses golpes e muitas lutas terminavam antes mesmo da vítima conseguir voltar a ficar de pé. No filme temos uma cena em que Liu Kang abusa do movimento contra Kano, um momento de alívio cômico para quem se valia desta tática, mas que deve ter despertado uma memória dolorosa em muita gente.

O cidadão Cage

Já na parte final do filme ficamos sabendo que Cole Young está indo para a costa oeste dos Estados Unidos e o motivo para isso tem nome: Johnny Cage. Um dos personagens mais famosos da franquia, o astro de Hollywood aparece apenas no pôster de um dos seus filmes, o Citizen Cage, deixando claro que ele será um dos principais nomes do próximo capítulo a aparecer nas telonas.

Crédito: Reprodução/New Line Cinema/Warner Bros.

As emblemáticas frases

Qualquer filme baseado em Mortal Kombat que se preze precisa ter uma enxurrada de chavões que marcaram a franquia e com este não foi diferente. Do Shang Tsung disparando um "Finish Them!" para seus seguidores, ao Liu Kang dizendo "Fatality!" após virar um dragão e engolir Kabal, os envolvidos com a criação não perderam a oportunidade de incluir diversas frases que cansamos de ouvir nos games.

Entre as mais legais temos o momento em que Kung Lao corta Nitara ao meio e solta um "Flawless Victory!", ou quando o mercenário líder dos Black Dragon arranca o coração do Reptile e diz "Kano Wins!", o que no contexto não soa tão forçado quanto pode parecer. Porém, o ápice acaba ficando mesmo para o momento em que o Scorpion joga seu arpão no Sub-Zero e profere o famoso "Get over here!", momento pelo qual todos nós esperamos.

Mortal Kombat - Filme

Crédito: Reprodução/New Line Cinema/Warner Bros.

Esses foram apenas alguns easter eggs ou referência presentes no novo filme do Mortal Kombat e aqueles mais atentos notarão, por exemplo, menções ao criador do estilo Drunken Fist, Bo' Rai Cho; Cole utilizando o gancho para derrotar Goro; uma luta entre Jax e Reiko na famosa fase do fosso; ou ainda citações mais óbvias, como o que levou Jax a ter que utilizar braços robóticos, além é claro dos diversos fatalities espalhados por todo o filme.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários