Meio Bit » Games » O que esperar para o futuro do Cyberpunk 2077?

O que esperar para o futuro do Cyberpunk 2077?

Com pelo menos uma expansão e a possibilidade de um modo multiplayer, saiba o que a CD Projekt Red estaria planejando para o futuro do Cyberpunk 2077

13 semanas atrás

De um jogo aguardado com extrema expectativa por muito a um dos lançamentos mais criticados da história, lá se vão quase nove meses desde a chegada do Cyberpunk 2077 e embora ele tenha melhorado desde então, a CD Projekt Red ainda parece ter muito a fazer. A boa notícia é que se você ainda espera uma grande reviravolta para este caso, a empresa polonesa não está medindo esforços para fazer com que o jogo se torne o melhor possível.

Cyberpunk 2077

Crédito: Divulgação/CD Projekt Red

Quem detalhou os próximos passos para o Cyberpunk 2077 foi Adam Kiciński, CEO da desenvolvedora e que durante uma apresentação para investidores revelou que no momento, cerca de 160 funcionários (ou um quarto da equipe) estaria dedicada a criação da primeira expansão para o Cyberpunk 2077. Na ocasião alguns participantes questionaram sobre uma possível data para o lançamento deste conteúdo, mas os executivos da CD Projekt Red preferiram não fazer uma previsão.

Segundo o vice-presidente sênior de desenvolvimento de negócios, Michał Nowakowski, ainda é muito cedo para eles falarem sobre isso e que a política da empresa é de só mencionar uma data quando estiverem prontos para fazer isso (pelo jeito aprenderam a lição). Já em relação ao preço, ele deu a entender que assim como aconteceu com o The Witcher 3: Wild Hunt, as expansões serão pagas, mas reforçou que ainda não é hora de se aprofundarem neste tema.

Outra dúvida que vem incomodando aqueles que possuem um dos consoles da nova geração é em relação à quando o mais recente jogo dos poloneses enfim chegará nativamente a eles. Embora rode através da retrocompatibilidade do PlayStation 5 e do Xbox Series S|X, ter uma versão específica para estes aparelhos poderia tornar a experiência muito melhor, com o jogo se aproximando ou até igualando aquilo que temos no PC, onde as reclamações em relação a bugs foram muito menores.

Quanto a isso, Kiciński afirmou que o plano da empresa continua sendo disponibilizar a atualização gratuita nos próximos meses, mas…

A versão de próxima geração é um passo importante na nossa aventura no universo Cyberpunk. Acreditamos fortemente no potencial a longo prazo para esta propriedade intelectual […] O objetivo é lançar a versão de próxima geração do Cyberpunk 2077 no final deste ano. Ao mesmo tempo, tenham em mente as lições que aprendemos durante o ano passado e levem em consideração que este é um projeto que ainda continua em desenvolvimento, não podemos dizer com total certeza que o cronograma de produção não mudará.

Já Nowakowski aproveitou para falar sobre outra promessa feita por eles, que era dar o mesmo tratamento ao The Witcher 3: Wild Hunt. De acordo com o executivo, a atualização do RPG para os novos consoles de Sony e Microsoft está sob os cuidados da Saber Interactive e assim como o Cyberpunk 2077, é possível que a chegada desta versão melhorada também acabe perdendo a janela de lançamento para 2021.

Crédito: Divulgação/CD Projekt Red

Voltando ao jogo de tiro em primeira pessoa, nos últimos dias ficamos sabendo que a CD Projekt Red resolveu investir em outras frentes para melhorar o título. Sabendo da importância da comunidade que se dedica à criação de mods, a empresa contratou um grupo que vinha se destacando neste cenário, o Yigsoft. Situado na cidade de Budapeste, o estúdio fundado por Hambalkó "Traderain" Bence é o responsável pelo WolvenKit, um kjit de ferramentas que nos permite modificar arquivos tanto do Cyberpunk 2077 quanto do The Witcher 3: Wild Hunt.

Sem que maiores detalhes sobre a parceria tivessem sido revelados, o que sabemos por enquanto é que ela deverá dar origem a suporte oficial a mods e que o grupo manterá sua independência, atuando diretamente da capital húngara. Traderain limitou-se a dizer que trabalhar com a CDPR é a realização de um sonho antigo e tenho certeza de que ele foi sincero ao fazer tal declaração.

Por fim, ao vasculhar os arquivos do Cyberpunk 2077 após o lançamento da recente atualização 1.3, Tyler McVicker descobriu referências a uma boa quantidade de conteúdo que supostamente estão em desenvolvimento. Entre eles estariam duas expansões e principalmente, um modo multiplayer que em algum momento deverá ser adicionado ao título.

Vale citar que em março passado Adam Kiciński afirmou que a CD Projekt Red havia reconsiderado a ideia de lançar um jogo multiplayer independente que fosse ambientado no universo Cyberpunk e fazer disso “apenas” um modo poderia ser a explicação para a mudança de planos. E mesmo que este rumor seja confirmado, a empresa ainda manteria sua intenção de levar o multiplayer para todas as suas franquias.

Portanto, os próximos meses deverão reservar algumas novidades interessantes para o Cyberpunk 2077, mas mesmo que todas elas se confirmem, ainda tenho minhas dúvidas se o jogo poderá ser salvo. Há alguns problemas estruturais nele que serão difíceis de serem corrigidos, mas depois do que a Hello Games tem feito com o No Man's Sky, nunca mais descartarei o eventual sucesso de um jogo que inicialmente não correspondeu às expectativas.

Fonte: Video Games Chronicle

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários