Meio Bit » Games » Os mais bonitos em Cel-Shading

Os mais bonitos em Cel-Shading

Conheça os mais bonitos em Cel-Shading que eu já joguei.

11 anos atrás

dori_pop_06.10-2

O Cel-Shading é uma técnica aplicada a gráficos 3D que tem como objetivo fazer com que eles pareçam terem sido desenhados a mão e que é conhecido como Non-photorealistic rendering (NPR), ou seja uma imagem não fotorealista. Tendo se tornado relativamente comum nos videogames, muitos acham que seu bom uso está unicamente relacionado a jogos infantis, mas já vimos quase todos os gêneros utilizarem o Cel-Shading, como jogos de corrida, de ação e até mesmo os voltados para um público mais adulto, como No More Heroes e Fear Effect.

Mesmo não conseguindo me lembrar da primeira vez que vi um jogo usando este estilo de imagem, tenho certeza que foi amor a primeira vista e por isso criei uma lista com os cinco jogos mais bonitos criados em Cel-Shading e que já joguei. Como a técnica permite que os gráficos envelheçam bem, acho que é possível comprar um jogo lançado há vários anos com um mais atual, já que aqui o que conta mesmo é o talento da equipe responsável, principalmente em relação a direção artística. Portanto, aqui vão os meus escolhidos:


5 - The Legend of Zelda: The Wind Waker
A série Zelda há muito vem sofrida com críticas em relação a falta de inovação, mas se no primeiro jogo do Game Cube o protagonista Link encontrou a mesma jogabilidade de sempre, o mesmo não pode ser dito dos gráficos. Mostrando um personagem mais infantil, o cel-shading caiu como uma luva no título e graças a incrível capacidade da Nintendo em oferecer uma direção artística de altíssimo nível, quase toda tela do jogo é digna de ser transformada em quadro. Vale mencionar ainda que o vasto oceano encontrado no jogo ficou muito bonito ao ser representado como um desenho animado.

4 – Eternal Sonata
Se criar um RPG inspirado nas últimas horas de vida do pianista Frédéric Chopin já não fosse inusitado o suficiente, a Tri-Crescendo decidiu que tudo ficaria melhor se o visual parece com o de um desenho. Na minha opinião a escolha não poderia ter sido melhor. Como tudo se passa numa espécie de sonho, ficaria estranho vermos os personagens correndo por cenários foto realistas, cheios de Mariners com a cabeça raspada e metralhadoras reluzentes, se é que vocês me entendem. Espere até ver a plantação de flores perto da vila e você verá como o cel-shading pode ser bonito.

3 – Okami
Visualmente Okami é um daqueles jogos em que nos dá orgulho de ser gamer. Inspirado na cultura japonesa, ele permite que os jogadores usem um pincel virtual para desenhar na tela e com traços grossos e irregulares, mesmo correndo o risco de cair no lugar comum, não há como não o classificá-lo como uma pintura em movimento. Uma bela demonstração de como o cel-shading pode encantar ao reproduzir técnicas diversas de pintura, como sumi-e.

2 – Rogue Galaxy
Depois de trabalhar em três títulos para o Playstation 2 (Dark Cloud 1 e 2, Dragon Quest VIII), a Level-5 encontrou o seu ápice visual em outro jogo para a plataforma, o RPG espacial Rogue Galaxy. Levando os jogadores a ambientes bastante distintos, como um deserto, uma floresta tropical e uma grande cidade, impressiona o nível de detalhes, tanto dos cenários quantos dos personagens e imensos chefes. Assim como a sua vasta paleta de cores e bela arquitetura, o cel-shading ajudou este a se tornar um dos mais bonitos jogos do console.

1 – Prince of Persia
Em 2008 a Ubisoft chegou a conclusão de que estava na hora de dar um novo rumo à série Prince of Persia e embora tenha contado uma nova história e mudado a sua jogabilidade, a maior inovação foi feita na parte gráfica. Talvez para dar uma maior destaque à transição entre luz e escuridão, o cel-shading foi escolhido e se no início do jogo eu considerei a aposta equivocada porque estava achando tudo muito sem vida, bastou ver a primeira área livre do mal para perceber a capacidade artística da equipe. Com cenários repletos de detalhes, muito coloridos e com belos efeitos de iluminação, o jogo é um espetáculo visual e conseguiu elevar esse estilo gráfico a um novo patamar.

relacionados


Comentários