Meio Bit » Software » Jolicloud 1.0 com auto-update e mais...

Jolicloud 1.0 com auto-update e mais...

Jolicloud, sistema operacional redondo e focado em netbooks, chega à versão 1.0 (final).

11 anos atrás

As boas novas...

O Jolicloud é um OS originalmente criado para netbooks e mistura web-apps a Linux ware, baseado no Ubuntu e utilizando o Chrome como framework. A boa é que acaba de ser liberada a versão 1.0 (final) e são muitos os gracejos para os usuários do sistema.

Eu mesmo, que trabalho primariamente com OS X, produzo quase tudo fora do escritório com um laptop Intel sacaníssimo de capaz e rodando o Jolicloud desde o primeiro beta. O OS é tão bacaninha que dá até gosto ver o seu nome como um 'Founding Member' na tela inicial (topo). Como aqueles projetos que você sente um certo orgulho em apoiar do jeito que puder, de tão redondo e bem feito que é.

As ótimas novas...

A idéia do Jolicloud, que ao contrário do Google dá as caras a tapa desde a sua fundação e só fez se aprimorar a cada novo release, é basicamente a mesma: um OS para netbooks e portáteis baseado em Linux, open source e que esteja voltado para aplicativos de cloud ou que rodem consistentemente na web.

Para os mais carudos, o OS pode fácil ir além... Eu o utilizo um laptop normal, com tela de 12,5 polegadas, 1.90Ghz Core Duo, 3 GB de ram, vídeo de 256 MB, 180 GB de HD, honestinho... no lugar do Windows 7 que veio com ele. Isso, é a única instalação da máquina, solo, alone, nothing else, filho único e mai naida!

Uma das funções mais bacanas do Jolicloud é o fato de que todos os seus apps e configurações são centralizados a partir de uma conta-comunidade nativa que o OS incorpora. Isso quer dizer que ao instalar o Jolicloud em uma segunda máquina e inserir seu usuário/senha, “tudo” é sincronizado perfeitamente em quantas unidades você o instalar. Meia dúzia de cliques e... O máximo.

Para quem pode se perguntar “mas e todos os meus programas de Win OS?”, o Wine é nativo e atualizado impecavelmente – assim como tudo o que existir dentro do OS – e mantenho wares como CS3 completo, Windows Live Writer, Office, Filezilla, blá blá blá... tudo rodando normal, sem lentidões, nada! Tem nativo, tem web-apps bagarai e tudo vai bem.

A única coisa que vale a pena ver com calma são os requisitos básicos — nada demais. A lista de netbooks suportados já é grande e o forte é compatibilidade. Com apenas uma exigência: Intel. Essencialmente, se o processador e o chipset são Intel, então é morro abaixo e tudo funcionará bem. Lembrando, o OS foi feito para netbooks. A gratíssima surpresa de descobrir como utilizá-lo para uma produção quase 100% em um laptop padrão veio com as benécias advindas de um boot de apenas 30 e poucos segundos, o saco cheio de win-bugs e uma instalação que não dá nem para ir no banheiro, de tão simples e rápida.

Visual nota 11, workflow quase que pensado dentro da sua cabeça e (para mim) um saco de motivos para há meses tê-lo jogado fácil dentro de uma única partição, sem medo de ser feliz. Tanto que a maioria do pessoal de lá demorou a acreditar que tinham um membro que trocou o Win7 pelo Jolicloud sem dó e passa muito tranquilo — para o que eu preciso.

PS: Os screenshots inclusos são da minha última atualização... d'onde redigi o post, na mesa do café!

Para usuários de Windows OS e qualquer outra coisa, vai que é tua: DOWNLOAD JOLICLOUD

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários