Meio Bit » Fotografia » Brincando na Areia – Coisa de fotógrafos

Brincando na Areia – Coisa de fotógrafos

10 anos atrás

Ultimamente tenho me preocupado muito com o meu lado fotográfico. Mas, não o lado profissional, e sim o lado do fotógrafo mesmo. Acho que ando em mais uma crise sobre o meu objeto principal. Dizem que todo artista passa por isso, quando tenta definir o seu estilo e produzir ensaios que o satisfaçam de maneira pessoal e não somente profissional. Muito do que fazemos por contrato em algum momento se transforma em uma receitinha de bolo. É possível inovar em alguns aspectos, mas o próprio cliente já espera algo dentro de uma estética estabelecida pela sociedade. Não fazer essa parte obrigatória pode significar perder trabalhos.

Nesse momento é que entra a parte em que me sinto travado. O espaço para coisas novas vão diminuindo e me esqueço, que lá no principio, a fotografia era uma diversão, uma paixão, um grande barato, e não apenas uma obrigação. Essa é uma fronteira que todo mundo que adentra o mundo profissional na fotografia acaba atravessando. Faz tempo que não saio apenas para fotografar, apenas por diversão, por paixão. Às vezes precisamos de algo para nos mostrar que a fotografia é um grande barato. Nos lembrar de o porque começamos nessa arte.

Isso aconteceu nesse fim de semana. Como parte da programação da Oficina Cultural de Presidente Prudente nos dirigimos até a cidade de Presidente Epitácio para ministrar uma oficina de Fotografia de Natureza durante o Festival Internacional de Pesca ao Tucunaré daquela cidade. As aulas seriam ministradas no sábado e domingo, o que nos obrigava a ficarmos hospedados no Parque Figueiral, ao lado da margem da represa. No total, foram 10 fotógrafos de Presidente Prudente que estavam presentes. Como não tínhamos muito que fazer, o pessoal pensou em fazer umas longas exposições na praia. Fui até lá sem muita pretensão, mas a coisa foi ficando bacana e a diversão aflorou. O pior que não foi com longa exposição e sim com brincadeiras sem arte fotográfica nenhuma.

No final percebi que tínhamos a disposição três flashes da Canon e que daria para fazer um mini-estudo usando o controle remoto do flash. O resultado foram as fotos abaixo. Sem nenhuma preocupação com estética, apenas diversão e brincadeira. Pode parecer uma coisa sem sentido, mas te digo que, se você sai para fotografar e não se diverte com isso, então você está na atividade errada. Paixão e diversão estão intimamente ligadas e essa pequena brincadeira recarregou minhas baterias e me fez encarar novamente a fotografia como ela deve ser. Procurar em todos os trabalhos essa diversão deve ser o nosso diferencial. A nossa meta a ser cumprida.

20112010-IMG_0585

20112010-IMG_0605

20112010-IMG_0607

20112010-IMG_0612

20112010-IMG_0619

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários