Meio Bit » Hardware » Synergy: o Optimus para desktops pelo qual todos esperávamos está chegando!

Synergy: o Optimus para desktops pelo qual todos esperávamos está chegando!

NVIDIA trará Synergy, o equivalente para desktops do Optimus, em breve. Desktops poderão alternar entre IGP e placa de vídeo dedicada automaticamente.

9 anos atrás

Além do desempenho, um dos fatores que me guiaram no processo de escolha de peças para o último upgrade foi o consumo de energia. Estava traumatizado com o glutão do Athlon X2 6000+, de modo que, já que ia trocar quase tudo mesmo, queria um processador que também consumisse menos.

Cheguei até a cogitar uma placa de vídeo com sistema de resfriamento passivo, sem cooler, mas desisti da ideia — junto com o upgrade da própria VGA. Entretanto, busquei, sem sucesso, alguma forma de fazer em desktops o que a indústria já se acostuma a fazer nos portáteis: alternar entre placa de vídeo onboard e offboard.

A NVIDIA oferece, desde o começo de 2010, o Optimus, tecnologia que torna essa troca, entre GPU e IGP, automática e em tempo real. É a terceira geração desse mecanismo, que antes do Optimus era feita de forma manual e com alguns "engasgos" na transição. Detalhe: é exclusiva para notebooks.

O funcionamento do Optimus — e possivelmente o do Synergy.

O funcionamento do Optimus — e possivelmente o do Synergy.

Enfim, em desktops, não dá. Pelo menos não sem apelar para "complementos", no caso, o Virtu, da Lucid. Por ora, nem NVIDIA, nem Intel, nem AMD têm algo que chegue perto do que o Optimus faz em plataformas móveis.

Felizmente, esse cenário de desolação para quem ainda prefere ou precisa usar desktops está prestes a acabar, e tudo por "culpa" da Intel. Na atual geração de processadores da empresa existe a tecnologia Quick Sync que dá um gás violento na conversão de vídeo. O problema é que, tendo uma VGA offboard espetada na placa-mãe, a IGP é desabilitada e, junto dela, o Quick Sync. Disso surgiu a demanda por algo similar ao Optimus para desktops.

Especula-se que a tecnologia, batizada de Synergy, deva chegar ao mercado até junho desse ano. Não será necessária a aquisição de hardware novo; as séries 400 e 500 da NVIDIA funcionarão sob os chipsets H67, H61 e o futuro Z68 da Intel. P67 fica de fora porque não habilita a IGP dos novos Core iX. A mágica acontecerá após atualizações de drivers e possivelmente BIOS.

Para quem precisa do Quick Sync ou gostaria de economizar recursos, sem ter que apelar para soluções "terceirizadas", a notícia é para lá de bem-vinda.

Com informações do Hardware.com.br e Anandtech.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários