Meio Bit » Games » Por que Final Fantasy XIII foi tão criticado negativamente?

Por que Final Fantasy XIII foi tão criticado negativamente?

10 anos atrás

igorqueiroz_final_fantasy_xiii_fail.23.01

E aí galera, sentiram falta dos meus textos? Ando com a agenda lotada por conta do meu emprego remunerado, do meu mais novo blog e, é claro, das minhas atividades sociais. Mas não pretendo deixar de escrever para o Meio Bit Games, só não vou poder atuar com a mesma frequência de antes. Porém, tentarei escrever menos notícias e mais opiniões ou críticas a respeito do mundo dos games.

Primeiramente, gostaria de deixar claro que nunca joguei Final Fantasy XIII, esse texto é fundamentalmente baseado no texto do Jason Schreier - colunista de JRPGs lá do Joystiq.

Não é de hoje que venho reclamando da decrescente qualidade de uma das minhas séries prediletas de JRPGs, Final Fantasy. Na verdade, eu acredito que o Final Fantasy IX foi o último FF que eu realmente gostei.

Todos os "Final Fantasies" são lineares, ninguém duvida disso. Mas ao chegar no décimo jogo da franquia, a Square Enix fez questão de deixar isso bem evidente, extirpando de vez o World Map, repetindo essa fórmula no décimo segundo e no décimo terceiro jogo da franquia.

O problema de Final Fantasy XIII é que ele elevou esse nível de linearidade ao extremo, tirando inclusive as cidades do jogo, os NPCs, as sidequests, etc. E acabou transformando a sua jornada em uma enfadonha linha reta, com nada além da história a seguir.

Não acho que seja obrigatório ter um World Map em um JRPG, para que ele seja melhor (apesar de gostar da sensação de estar perambulando em um mundo gigantesco. Dragon Quest VIII tem muito disso). Acontece que a falta de elementos básicos a todo JRPG, pode fazer com que o jogo sofra uma queda de qualidade significativa.

Não é a toa que as propagandas do Final Fantasy XIII-2 estão deixando claro que FF XIII-2 não é FF XIII. Demonstrando claramente o receio da Square Enix de tentar corrigir os erros cometidos pelo seu predecessor.

Não sou contra a reformulação da jogabilidade de uma franquia, o Final Fantasy mesmo sempre se reinventa em cada nova versão, o problema é que, ao meu ver, desde a geração 128 bits, a Square Enix vem falhando miseravelmente nessa atividade. Bons tempos eram os que os nomes chaves da franquia eram Hironobu Sakaguchi, Nobuo Uematsu e Cia. Hoje a série é um emaranhado de personagens andróginos, rasos e novidades que não agradam.

Bem, isso é o que eu penso, mas e vocês, nobres leitores, o que acham?

[via Joystiq]

relacionados


Comentários