Canonical define as datas de lançamento do Ubuntu 11.04, 11.10 e 12.04 LTS

Versão final do Ubuntu 11.04 deve sair até o final de Abril.

Paulo Graveheart
Por

Se você já tem um mínimo de conhecimento do mundo open-source, deve saber que a data aproximada das novas versões do Ubuntu seguem um padrão simples: uma em abril, e outra em outubro, com a versão mantendo o esquema AA.MM (dois dígitos para o ano, dois para o mês – o que provavelmente criará um problema sério a partir dos próximos séculos.).

Anote os dias de ficar dando F5 na página de downloads....

Com uma estrutura tão organizada, é claro que a Canonical possui um cronograma bem definido de datas para novos releases, tanto das versões beta quanto da versão final. E, se você é do tipo que mal pode esperar para colocar as mãos em uma nova versão de uma distro (ou é um usuário legal e bem-intencionado que quer ajudar na caça de bugs das novas versões), anote aí na sua as possíveis datas dos lançamentos.

  • O Ubuntu 10.10 deve ser lançado em 10/10/2010. Sim, a Canonical é espertinha e marketeira. 😛
  • Para o Ubuntu 11.04, deveremos ter a primeira versão alpha em 04/11/2010, seguindo com mais quatro versões alpha, até uma versão beta em 31/03/2011, uma release candidate em 21/04/11, e finalmente a versão final em 28/04/11.
  • A primeira versão alpha do Ubuntu 11.10 sai em 3 de junho, seguida de mais três versões alpha. Em 2 de setembro temos uma versão beta, uma RC em 16 de outubro e a versão final deve sair em 13 de outubro (Nota: sim, eu sei que não dá para lançar uma versão final três dias antes da release candidate. Espero que a própria Canonical conserte isso logo… :P)
  • E, finalmente, daqui a dois anos teremos a versão 12.04 nas seguintes datas: um alpha em 03/11/2011, o primeiro beta em 23/02/2012 e uma versão final em 26/04/2012.

Vale lembrar que essas data não são definitivas, podendo ser alteradas por causa de bugs de última hora, e por isso existe a importância de baixar, testar e reportar todos os bugs e reclamações das versões alpha e beta. Mas faça isso apenas em equipamentos de teste, jamais em ambientes de produção. Ninguém será responsável se uma versão alpha destruir todo o seu disco rígido, incluindo aquela planilha que o chefe pediu pra daqui a pouco. 😉

Relacionados

Relacionados