Steve Jobs pede licença do comando da Apple. De novo.

João Brunelli Moreno
Por

Steve Jobs, popstar e presidente da Apple, anunciou na manhã desta segunda-feira (17) que ficará afastado do comando de sua companhia por conta de problemas de saúde. Diagnosticado com câncer de pâncreas em 2004, Jobs já havia pedido um afastamento da presidência da empresa da maçã em janeiro de 2009, e em junho do mesmo ano recebeu um transplante de fígado.

O anúncio foi feito em um discreto comunicado postado no site da Apple. Assim como em 2009, o diretor de operações Tim Cook foi nomeado presidente interino e vai assumir o posto de Jobs no gerenciamento da empresa. Cook, no entanto, não deve tomar grandes decisões, deixando essa parte encarregada ao Steve.

Leia abaixo a mensagem que Steve Jobs enviou à empresa, sem qualquer tipo de intervenção no final:

Equipe,

A meu pedido, a diretoria me concedeu uma licença médica em que eu poderei me focar em minha saúde. Eu continuarei no cargo de CEO e estarei envolvido nas grandes decisões estratégicas da companhia.

Eu pedi a Tim Cook para que ele seja o responsável por todas as operações cotidianas da Apple. Tenho a confiança de que Tim e toda equipe executiva farão um ótimo trabalho executando os planos que temos para 2011.

Eu amo demais a Apple e espero estar de volta assim que for possível. Enquanto isso, minha família e eu gostaríamos profundamente de termos respeitada nossa privacidade.

Steve

P.S.: Leiam o Tecnoblog

Então boa sorte, Steve! Recupere-se rápido.

Relacionados

Relacionados