Brasileiros lançam plataforma para criar apps de iPhone em apenas uma hora

Serviço brasiliense também permite criar aplicativos para BlackBerry e Android.

Thássius Veloso
Por

Uma startup brasiliense quer mexer com a forma como se produzem aplicativos para iPhone e outros dispositivos móveis. A empresa lança hoje a EasyApp, uma plataforma completamente nova e inédita no mercado brasileiro que permite criar aplicativos — para iOS, Android e BlackBerry — com poucos cliques. Em tese, daria para colocar um novo app no ar com apenas 1 hora de trabalho.

Para tanto, a EasyApp oferece um layout pré-moldado no qual os clientes inserem as informações que devem estar disponíveis no aplicativo final. Sem grandes traumas e sem saber escrever uma linha de código-fonte sequer para a plataforma escolhida, qualquer que seja ela.

A Easy App está disponível a partir dessa quarta (1º) para pequenas, médias e grandes empresas que queiram lançar um aplicativo para dispositivos móveis, mas até agora não teve condições de fazê-lo por falta de conhecimento técnico ou mesmo por limitações no orçamento.

O Tecnoblog teve acesso exclusivo à plataforma EasyApp durante alguns dias, para testar os recursos e trazer as nossas impressões para você, nobre leitor. Será que vale a pena contratar o serviço? Hummm…

Experiência com EasyApp

Criar um aplicativo com EasyApp é realmente muito fácil, conforme a empresa brasiliense afirma ser. Logo que o painel de controle do app é acessado, temos as informações mais recentes sobre ele. De cara, eu tinha como saber as estatísticas sobre downloads do “App do Tecnoblog”, um dado importantíssimo depois que o app está no ar.

EasyApp: tela inicial do CMS | Clique para ampliar

Além disso, um status de publicação permite saber exatamente em que pé está de publicação o app está. Nos meus testes, o aplicativo não foi enviado para os avaliadores da App Store, mas esse seria o passo seguinte para ter o “App do Tecnoblog” disponível em qualquer dispositivo móvel. E o mesmo vale para as demais lojas suportadas pela EasyApp: Android Market e App World, do BlackBerry.

Uma série de abas dá acesso a diversas formas de personalização. A primeira delas diz respeito às configurações do app, como título e a descrição dele, que eventualmente serão usadas pela própria App Store quando um usuário buscar pelo nome do aplicativo na loja virtual.

EasyApp: ajustes de aparência | Clique para ampliar

A aba seguinte é uma das mais importantes. Com os ajustes de aparência, o aplicativo finalmente ganha uma identidade visual similar à do produto ou serviço que será divulgado com o aplicativo. Dá para escolher as cores dos botões, dos menus, do background do aplicativo, entre tantas coisas. As cores são inseridas na codificação RGB, que é a mais comum na web. Não existe visualização em tempo real de como a interface vai ficar com as novas cores, algo que o pessoal da Easy App deveria implementar no futuro.

Ainda na área de personalização visual, será necessário fazer o upload dos ícones e imagens de inicialização do aplicativo, tanto na resolução convencional como na resolução própria para o Retina Display, que requer imagens maiores. O mesmo vale para as imagens de fundo do aplicativo.

De acordo com o pessoal da Prime, nós testamos uma versão da plataforma que ainda não estava completamente finalizada (o beta exclusivo aconteceu antes do lançamento oficial). Então, nas opções de aplicativo do TB, estavam fotos, músicas, agenda e notícias, que são recursos voltados para aplicativos de bandas e artistas. Os ajustes são simples de serem feitos, tudo diretamente no navegador, mas nós não fizemos uma experimentação extensiva dessas funcionalidades.

EasyApp: adição de vídeos dinâmica | Clique para ampliar

A área de vídeos é uma das mais interessantes. Ela aceita URLs de conteúdos publicados tanto no YouTube como no Vimeo, o que deve ser suficiente para a maioria dos usuários. Depois de informar o título do vídeo e sua descrição, ele automaticamente entra em uma listagem, que pode ser reordenada apenas com o arrastar e soltar do mouse.

Infelizmente não foi possível verificar a integração da EasyApp com agregadores de feed RSS. Embora a plataforma indique a adição de notícias por meio de feed, esse recurso não estava ativo nos testes em que fizemos. Com isso, restou o tradicional (e cansativo) processo de adicionar cada notícia manualmente.

Teste no iPod Touch

Para verificar o funcionamento do aplicativo, é preciso adicionar um novo perfil ao dispositivo no qual os testes serão feitos. No meu caso, meu iPod Touch antigo, de 2ª geração, serviu de cobaia. Algumas instruções são enviadas por e-mail para que o aplicativo possa ser instalado sem depender da App Store.

Esse processo pode levar alguns minutos, mas não mais do que algumas horas. A demora vai depender do processo de atualização de aplicativos, gerenciado pela equipe da EasyApp.

iPod Touch: Adição de perfil especial para testes e página de vídeos criada com EasyApp

Veredito

A interface da Easy App é realmente bastante intuitiva e fácil de ser ajustada. Como benefício, não precisamos saber nada de programação para criar um aplicativo efetivamente funcional (como o da banda Duranbah, um dos cases da plataforma). Como contra, temos aplicativos cuja interface é essencialmente a mesma: os botões estão posicionados no mesmo lugar, a disposição das listas também. Para ter um serviço mais completo e personalizado, só mesmo contratando um desenvolvedor profissional ou apelando para um serviço mais completo (e cobrado à parte, como você vê abaixo).

O que menos me agradou na Easy App, por assim dizer, foi o limite de downloads dependendo do plano contratado. Isso é completamente dispensável.

Preços e planos

A plataforma EasyApp para publicação de apps e gerenciamento de conteúdo (CMS) está disponível em três pacotes distintos. O plano Prime Classic tem setup inicial de R$ 2.099, mais mensalidade de R$ 79; o Prime Plus tem setup inicial de R$ 3.499 e mensalidade de R$ 129; e o Prime Pro, plano mais completo, tem setup inicial de R$ 4.899, mais R$ 199. Além disso, existem planos anuais com preços diferenciados. Os limites anuais para download são de 1.000 downloads no Prime Classic, 2.000 no Prime Plus, e 5.000 no Prime Pro.

Os interessados na plataforma que não quiserem utilizar o layout padrão da Easy App podem contratar o que a empresa chama de design premium, que basicamente é a personalização avançada da interface. O preço desse serviço à parte é de R$ 6.000.

Também é importante dizer que esses valores são apenas para a publicação do aplicativo em uma plataforma. Para escolher plataformas adicionais, o consumidor deverá pagar mais R$ 2.800 por sistema escolhido. Todas as informações sobre preços e planos podem ser obtidas na página do produto.

Os valores incluem a publicação e atualização dos aplicativos na App Store sempre que uma nova versão for lançada. Com isso, o consumidor evitar pagar a anuidade para ser desenvolvedor da plataforma da Apple, por exemplo, sem falar nas demais alternativas.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Relacionados

Relacionados