Notícias Aplicativos e Software

Windows 8 vai dificultar a instalação do Linux

Paulo Graveheart
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Tudo começou alguns dias atrás, quando Matthew Garrett, desenvolvedor trabalhando na Red Hat, publicou uma análise em cima do “boot seguro” que a Microsoft está exigindo nos computadores para que eles tenham o selo de aprovação do Windows 8.

A novidade do Windows 8 pode complicar (ou até inviabilizar) a instalação de outros sistemas operacionais, incluindo aí o Linux. Executivos da Microsoft dizem que não é bem por aí, mas é certo que isso pode acabar trazendo problemas.

Tudo sobre: Windows 8

Você não vai se livrar tão fácil dessa tela

Basicamente, qualquer fabricante de computadores que queira ter o selinho de qualidade do Windows 8 estampado em suas máquinas precisa ter uma função específica habilitada por padrão na BIOS da placa-mãe. Essa função verifica uma chave criptográfica gravada no firmware do computador, e só permite o boot de sistemas operacionais que estejam assinados com essa mesma chave.

Obviamente, o Windows 8 que sairá de fábrica terá essa chave, e o computador nesse caso funcionará normalmente.

Por um lado, essa função é boa. Um malware que afete de alguma forma o Windows a ponto de gerar um novo gerenciador de boot seria prontamente reconhecido pela placa-mãe, e o boot não ocorreria, caindo para um sistema de backup e recuperação do Windows.

Mas, se a segurança do computador aumenta, há uma desvantagem séria: nesse cenário, você não será capaz de instalar nenhum outro sistema operacional. A não ser que a Microsoft ou o fabricante do computador libere a chave para um outro sistema operacional que você possua, qualquer tentativa de instalação acabaria em erro. Linux, Hackintosh, versões antigas do Windows. Qualquer coisa. Seria necessário fazer uma espécia de jailbreak para fugir do Windows 8

Ou talvez não. Percebendo a reação negativa da novidade, Steven Sinofsky, responsável pela divisão de Windows e Windows Live, respondeu a várias dúvidas sobre o boot seguro em um blog voltado a desenvolvedores. Resumindo, Steven disse que a função pode ser desabilitada nas configurações da BIOS, e assim seria possível instalar qualquer sistema operacional que o usuário desejasse.

Simples, mas nem tanto

Na teoria é lindo, mas na prática algumas questões começam a ser levantadas: será que obrigar o usuário comum a alterar uma opção da BIOS não é algo complexo demais? E, o mais importante, como convencer um usuário a instalar o Linux se para isso você precisa desligar uma opção que deixa seu computador mais “seguro”?

E não acaba aí: outra declaração de Steven também levantou pontos interessantes. Segundo ele, as empresas que desenvolvem os computadores terão liberdade de definir como esse recurso será habilitado ou desabilitado. Ou seja: algumas empresas podem tornar o processo mais simples. Outras podem simplesmente não incluir uma forma de desativar o boot seguro, tornando a instalação de outros sistemas operacionais impossível.

Se você comprou um computador da marca X, só poderá instalar outros sistemas operacionais nele através de alguma magia negra qualquer.

Muitos podem argumentar que isso só acontecerá em PCs montados de fábrica com sistemas OEM, mas… Responda com sinceridade, com os computadores e notebooks com preços cada vez mais baixos, quem além de usuários avançados ainda monta seu próprio computador?

Como sempre, só resta esperar. É bem provável que a Microsoft volte atrás ou que  soluções para contornar esse bloqueio (que não exijam conhecimentos avançados) acabem aparecendo mais cedo ou mais tarde. Com sorte, o mais cedo possível.

Com informações: ReadWrite Enterprise

Paulo Graveheart

Ex-redator

Paulo Henrique "Graveheart" é formado em Ciências da Computação e fez parte da equipe do Tecnoblog entre 2010 e 2014, como redator. Participou da cobertura de lançamentos no mundo do desenvolvimento de software, PCs, mobile e games. Também tem experiência profissional como desenvolvedor full-stack e technical lead.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque