OnLive possibilita jogar games de console no iPad e tablets Android

Trevis Bonifácio
Por

Você já deve ter ouvido falar no serviço de streaming de jogos OnLive. Hoje foi lançado o aplicativo do serviço para tablets rodando Android e iPads, tornando possível jogar títulos de console e de computador através do seu dispositivo móvel.

O serviço OnLive disponibiliza jogos de consoles e computador para você jogar através de streaming. Ou seja, seu jogo é processado em um servidor e enviado para você como vídeo. Seria como utilizar a Netflix, mas com a interação do jogador. O OnLive já estava disponível para PC e através de um console próprio. Agora chega a aplicação que dá suporte a tablets e smartphones.

L.A. Noire no seu iPad 2? Agora é possível.

O aplicativo é de graça, você só precisa se inscrever em um plano do serviço, que pode ser como mensalidade – com alguns jogos disponíveis – ou o sistema a la carte, no qual você compra os jogos que deseja jogar.

Nos dispositivos com Android (download no Android Market) é possível comprar os jogos através do próprio aplicativo, mas se você usar o iPad da Apple, terá que recorrer ao computador para comprar títulos. Também é possível adquirir um controle que se conecta ao tablet por meio de Bluetooth, e deixar a experiência ainda mais parecida com a de um videogame. Alguns jogos até sofreram mudanças de interface para se adaptar aos controles touch.

O Gus Fune, analista de games aqui do TB, jogou no OnLive durante a E3 desse ano. Abaixo vai a opinião dele sobre o assunto à época do teste:

“Eu cheguei a jogar o OnLive em junho e posso dizer que se botassem um desses e um Xbox lado a lado, eu não saberia dizer qual era streaming. Mas era numa conexão de mais de 1 Gbps para o evento inteiro. Na época, o cliente de iPad já era esperado, mas sem previsão de lançamento. Cheguei a ver só o player, que permitia acessar sua conta e asssitir replays salvos, mas sem o principal: jogar.

A grande questão do OnLive é a distância do datacenter. Hoje eles possuem dois: um na região de San Francisco (Valley Area) e outro na Inglaterra. Parece que com conexão mínima de 1 Mbps e distância de 400 km a 800 km do datacentes a experiência é totalmente sem lag. Mais do que isso, a tendência é que fique lagado. Tantoque o principal desafio para a popularização do OnLive é a distribuição dos datacenters, pois o resto é impecável.”

A qualidade do serviço, no entanto, depende da sua conexão com a internet. No Brasil o serviço ainda é precário, já que eles não possuem servidores em solo nacional, então mesmo que você possua uma conexão estupidamente rápida, ainda poderá sentir uma demora nas respostas dos controles. Mas saber que existe a possibilidade de jogar games de última geração através de um dispositivo móvel é bem animador.

Com informações: Business Insider

Relacionados

Relacionados