Microsoft Office 15 entra em Technical Preview — que você não vai testar

Thássius Veloso
Por

A divisão de Office da Microsoft anuncia na segunda-feira que o Office 15, próximo versão da suíte de produtividade, entra no que eles chamam de Technical Preview (ou “prévia técnica”, mas o nome em português é esquisito demais, portanto vou emprega-lo em inglês). Hoje alguns consumidores começam a receber os softwares para testa-los e dar feedback sobre o que funciona e o que precisa melhorar.

Não adianta se animar. O Technical Preview destina-se a um “grupo seleto de consumidor sob acordos de não-divulgação”. Isso quer dizer que o Office 15 no estágio atual não será publicado pela Microsoft em seus canais oficiais. Pode ser que um ou outro consumidor vaze o software, mas isso é proibido pelo acordo assinado com a companhia.

Além de consumidores, a Mary Jo Foley informa que parceiros da MS devem receber cópias do Office 15 para testar e enviar análises.

Por enquanto permanecem muitas dúvidas sobre o que esperar da próxima geração do Office, cujo nome comercial não foi confirmado pela fabricante. A Microsoft diz oficialmente que o Office 15 é “a mais ambiciosa retomada” da divisão de Office da companhia. Além dos softwares Word, Excel, Outlook, PowerPoint e outros, a Microsoft também planeja atualizar servidores (Exchange, SharePoint e Lync), dispositivos móveis e serviços de nuvem (Office 365), tudo de uma vez.

Para o Technical Preview não são admitidos mais participantes. Ainda no inverno do Hemisfério Sul teremos um beta público do Office 15, a partir do qual descobriremos o que a Microsoft mudou desde o Office 2010 (no Windows ou Office 2011 no Mac).

Minha maior curiosidade: será que esse Office oferece aplicativos seguindo o visual Metro que a empresa tanto propagandeia no Windows 8 (também em estágio de desenvolvimento)? É uma aposta difícil de ser fazer, mas eu diria que Windows com Metro sem oferecer Office com Metro seria uma grande burrada da MS. Eles devem ser os primeiros a mostrar que dá certo fazer apps complexos no visual para tablets e dispositivos touch.

Por sua vez, a Mary Jo Foley levanta outra questão: junto ao Office 15 será lançando o Office para iPad?

Relacionados

Relacionados