Sujeito faz smartphone rodar Windows e Linux

João Brunelli Moreno
Por

Um membro do fórum XDA Developers, conhecido como mnomaanw, desenvolveu uma maneira de fazer com que seu smartphone HTC Evo 3D, que chega de fábrica rodando o Android 2.3 Gingerbread, também seja compatível com os Windows 95, 98, XP e distribuições do Linux.

O verdadeiro "Windows Phone"

De acordo com um post na comunidade de desenvolvedores, o método criado pelo sujeito é “relativamente simples e pode ser realizado rapidamente”, mas desde que você seja um especialista e saiba exatamente o que está fazendo. Para tanto, basta baixar alguns programas criados pelo rapaz, modificar alguns arquivos do telefone e então rodar um APK (pacote de instalação de aplicativos do Android) que emula o ambiente x86 no telefone.

Bom lembrar que, até hoje desktops e laptops utilizam processadores com arquitetura x86 (padrão da indústria criado pela Intel no final dos anos 70). Já celulares, smartphones e a maioria dos tablets utilizam processadores ARM, que comparativamente entregam menos desempenho, mas precisam de menores quantidades de eletricidade, não geram ruídos de operação e dispensarem ventoinhas de refrigeração.

A Microsoft já anunciou que o futuro Windows 8 será o primeira versão do programa compatível tanto com x86 quanto ARM, e trabalha arduamente para fazer o software rodar de maneira decente na nova plataforma.

Equipado com um processador de dois núcleos rodando a 1.2 GHz, 1GB de RAM e até 32 GB de armazenamento, as capacidades técnicas do telefone superam, de longe, os requisitos mínimos exigidos pelos Sistemas Operacionais à época de sua chegada às lojas. Segundo o autor, o telefone é capaz de rodar os sistemas “relativamente bem” e com poucos engasgos, mas não oferece funcionalidades como acesso às funções de telefone, câmera ou WiFi.

Os interessados em realizar o experimento podem conferir os passos aqui. Mas fica o alerta: faça por sua conta e risco. Se você não é um especialista na área, melhor não se arriscar.

Àqueles que se perguntam o motivo de alguém querer rodar Windows ou Linux em um smartphone, a resposta é simples: porque eles podem.

Com informações Engadget

Relacionados

Relacionados