WebRTC faz chamadas em vídeo entre Chrome e Firefox sem o uso de plugins

Padrão aberto também suporta compartilhamento de arquivos.
WebRTC está sendo desenvolvido desde maio de 2011 pela W3C.

Paulo Higa
Por

Desde maio de 2011, a W3C trabalha numa API chamada WebRTC (Web Real-Time Communication), que permite o compartilhamento de arquivos e chamadas em voz e vídeo diretamente do navegador, sem necessidade de instalar plugins. Meses se passaram e o projeto evoluiu: hoje, Google e Mozilla demonstraram o WebRTC funcionando perfeitamente entre os dois navegadores.

Com o PeerConnection do WebRTC, Chrome e Firefox agora podem se comunicar entre si sem o uso de plugins, graças aos engenheiros do Google e da Mozilla, que trabalharam juntos para garantir a compatibilidade da tecnologia entre os dois navegadores. Segundo o Google, a novidade traz “voz nítida e clara, vídeo em alta definição (HD) e baixa latência de comunicação para o navegador”.

O vídeo abaixo mostra o chefe de inovação da Mozilla, Todd Simpson, conversando em vídeo com o diretor de produtos do Google Chrome, Hugh Finnan:

A comunicação é feita com o uso de várias tecnologias, como os codecs Opus e VP8 para áudio e vídeo, e o protocolo DTLS-SRTP para criptografia de dados.

Como o WebRTC está integrado ao navegador, o usuário não terá problemas com plugins instáveis (oi, Flash!) ou com falhas de segurança (oi, Java!) – tudo pode ser feito com JavaScript e HTML5. Dependendo da criatividade dos desenvolvedores, também não precisaremos mais instalar aplicativos de VoIP para fazer chamadas entre dois PCs no futuro. E o WebRTC não serve apenas para áudio e vídeo; também será possível compartilhar arquivos sem depender de um servidor.

O WebRTC já está ativado por padrão no beta do Chrome 25. No Firefox Nightly, é necessário entrar em about:config e modificar o valor de media.peerconnection.enabled para “true”. Se você é desenvolvedor e está interessado em aprender mais sobre o WebRTC, a Mozilla publicou um aplicativo de exemplo no Mozilla Hacks.

A Opera Software também está trabalhando na tecnologia e incluiu o WebRTC em seu navegador no ano passado. O Safari ainda não suporta o recurso. A Microsoft apresentou em janeiro um padrão próprio para o Internet Explorer, o CU-RTC-Web, e disse que o WebRTC estaria “longe de ser completo e estável”.

Com informações: Chromium Blog, Neowin.

Relacionados

Relacionados