Início / Notícias / Jogos /

O SteamOS em funcionamento e a chegada das primeiras Steam Machines

Giovana Penatti

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Na sexta-feira, a Valve começou a enviar as primeiras Steam Machines para os 300 beta testers residentes nos EUA que foram sorteados. A empresa também liberou o download gratuito do beta do SteamOS, sistema operacional que vai rodar nessas máquinas.

A recomendação da Valve é que quem não sabe hackear o Linux, sistema no qual o SteamOS se baseia, não o baixe; uma versão mais amigável estará disponível em 2014. Ainda bem que, para saciar a curiosidade dos menos manjadores como nós, várias pessoas baixaram e disponibilizaram vídeos no YouTube mostrando como é o sistema.

Ele é um fork do Debian 7.1 e tem 960 MB. Para ser compatível, o computador precisa ter processador Intel ou AMD de 64 bits, 4 GB ou mais de RAM e 500 GB ou mais de armazenamento, além da placa de vídeo da NVidia. O suporte a placas da AMD e da Intel é prometido para “breve”.

A interface principal do sistema lembra bastante a Big Picture, interface do Steam otimizada para a sala de estar e que pode ser navegada com um controle. Também há o desktop, que precisa ser habilitado pelo usuário e parece com praticamente todos os desktops que você já viu. Essa troca de interfaces lembra um pouco o Windows 8, que intercala a Metro e o desktop clássico.

Separei dois vídeos, um que mostra a interface de jogos e outro mais detalhado, mas a imagem é pior:

Por ser baseado em Linux, ele roda os programas desse sistema operacional, mas é bom lembrar que foi criado para jogos – mas só roda os do Steam que estão disponíveis para Linux. A Valve promete que, em breve, o sistema ganhará a funcionalidade de reproduzir games do seu computador que rode outro sistema operacional por streaming.

O SteamOS também é atualizado automaticamente e, por estar na fase beta, esses updates devem ser frequentes – todo dia deve ter algum ajuste sendo baixado.

Se quiser se aventurar no sistema, é só baixá-lo e seguir as instruções da Valve para instalar. Antes, mais um aviso: faça um backup, já que ele irá, invariavelmente, apagar todos os dados do computador.

E as Steam Machines?

Elas estão uma coisa linda e ninguém fora dos EUA tem. Mas, assim como no caso do SteamOS, também tem muita gente postando vídeos e fotos de unboxing para matarmos a curiosidade e esse é um deles:

O cara que gravou esse vídeo fala que o “console” (está liberado chamar Steam Machines de console sem as aspas?) é bem pesado. O controle que acompanha também não está finalizado, tanto que há botões no lugar da tela sensível ao toque. E a caixa é um charme à parte, feita de madeira, com estilo rústico e desnecessariamente grande – mas muito bonita.

E esta é uma Steam Machine por dentro:

A versão comercial das Steam Machines também chega em 2014, mas a Valve publicou um DIY de como fazer sua própria Steam Machine – basicamente, veja se seu computador tem as configurações necessárias e instale o SteamOS. 😛

Com informações: The Verge, Kotaku Brasil