Início / Notícias / Antivírus e Segurança /

Restaurar as configurações de fábrica no Android não é suficiente para apagar todos os seus dados

Paulo Higa

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Antes de vender, doar ou se desfazer do seu smartphone ou tablet Android, você provavelmente entra nas configurações do sistema e restaura os dados de fábrica, às vezes marcando uma caixinha para que todos os seus arquivos pessoais sejam excluídos. Na teoria, essa operação impede que o próximo dono tenha acesso a algum dado sensível ou constrangedor. O problema é que fazer apenas isso não é suficiente.

Como assim? Bom, você já deve ter ouvido algo semelhante sobre o HD do seu computador. Quando você exclui um arquivo da lixeira, o arquivo não é deletado de verdade: ele é apenas “marcado” como excluído para que aquela área do disco rígido possa ser sobrescrita novamente com outro arquivo. Se não houver sobrescrita de dados, o arquivo pode ser recuperado com os inúmeros softwares de recuperação disponíveis por aí.

android-apagar-dados

Era natural que isso acontecesse nos smartphones e tablets, mas um estudo da Avast, aquela do antivírus, deixou o problema mais claro: eles compraram 20 smartphones Android usados no eBay, usaram uma ferramenta genérica, disponível publicamente (o AccessData FTK Imager), e foram capazes de recuperar mais de 40 mil fotos, 750 emails e SMS, 250 contatos e os dados de identificação de quatro proprietários antigos.

Entre as mais de 40 mil fotos recuperadas, claro que alguma deveria ser potencialmente constrangedora: 250 eram selfies de homens pelados. Não é o tipo de foto que seus donos gostariam que vazasse por aí. E, como muita coisa não apenas da nossa vida, mas também do nosso trabalho, pode passar pelo smartphone, o acesso não autorizado aos dados pode causar prejuízos maiores.

Entre em "Criptografar telefone" e siga as instruções

Entre em “Criptografar telefone” e siga as instruções

Como evitar que o novo dono recupere seus dados, então? Como explica o CNET, o melhor procedimento é o seguinte:

1. Antes de restaurar os dados de fábrica, ative a criptografia no seu dispositivo no menu Segurança, nas configurações do aparelho. Isso fará com que seus dados só sejam acessíveis com uma senha definida por você. Assim, mesmo se os arquivos forem recuperados, será difícil lê-los.

2. Restaure as configurações de fábrica. Graças às inúmeras modificações que nossas queridas fabricantes fazem nos aparelhos, o caminho varia — no Android puro, essa opção está em um menu chamado “Fazer backup e redefinir”. Seu smartphone irá reiniciar e os dados, já criptografados, serão apagados.

Só os dois passos acima já são suficientes. Se você quiser garantir, encha o smartphone de dados inúteis (músicas ou vídeos que você não se importa que outros tenham acesso, por exemplo) para sobrescrever os dados anteriores e repita a etapa 2.