Notícias Celular

Motorola revela Droid Turbo; versão brasileira deve ser anunciada na próxima semana

Moto Maxx, com bateria de 3.900 mAh, deve ser apresentado no Brasil em novembro

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Motorola oficializou nesta terça-feira (28) o Droid Turbo, um smartphone topo de linha vendido em parceria com a Verizon. Exclusivo da operadora norte-americana, o aparelho possui design diferente da atual linha Moto, com acabamento em Kevlar, e uma bateria que promete durar até dois dias. Uma versão internacional, vendida no Brasil, deve ser apresentada na próxima semana durante um evento em São Paulo.

motorola-convite-brasil-pequeno

O convite enviado para a mídia brasileira revela um aparelho com traseira semelhante ao Droid Turbo, apresentado hoje nos Estados Unidos. No evento, que acontecerá no dia 5 de novembro às 10 horas, a empresa pretende fazer um “lançamento global”. A imagem cita a expressão “experiência tecnológica sem limites“, que pode ser ligada ao fato do smartphone possuir uma bateria acima da média.

O Droid Turbo, da Verizon, tem hardware superior ao do Moto X: tela AMOLED de 5,2 polegadas com resolução de 2560×1440 pixels, 3 GB de RAM, processador quad-core Snapdragon 805 de 2,7 GHz, GPU Adreno 420 e câmera de 21 MP. Com o carregador Turbo Charger, a Motorola afirma que a bateria de 3.900 mAh é capaz de aguentar 8 horas de uso com apenas 15 minutos de recarga.

droid-turbo

Com atualização garantida para o Android 5.0 Lollipop, o Droid Turbo herda os principais recursos de software do Moto X, como o Moto Tela, que exibe uma prévia das notificações no display sem gastar muita energia. Os comandos de voz e o controle por gestos também são suportados pelo Droid Turbo.

Uma fonte do Tecnoblog sugere que o Droid Turbo se chamará Moto Maxx no Brasil, resgatando a antiga marca “Maxx” usada para indicar que o smartphone tem bateria de longa duração. O termo foi usado há dois anos, no RAZR Maxx, que possuía uma bateria de 3.300 mAh. A marca Moto Maxx foi registrada pela Motorola em julho no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos.

Um novo smartphone ainda não anunciado oficialmente, denominado XT1225, foi homologado pela Anatel e está autorizado para ser vendido no Brasil. De acordo com o certificado de homologação e o cruzamento de informações, o “Moto Maxx” possuirá bateria de 3.900 mAh, mesma capacidade do Droid Turbo, e suportará o carregador Turbo Charger.

Nos Estados Unidos, o Droid Turbo será vendido pela Verizon a partir de quinta-feira (30), custando US$ 199,99 e US$ 249,99 nas versões com 32 GB e 64 GB de armazenamento interno, respectivamente, ambas com o típico contrato de dois anos das operadoras norte-americanas.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque