Início / Notícias / Gadgets /

O iPhone 6s é resistente à água, mas é melhor não brincar com a sorte

Jean Prado

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Menos de uma semana depois do lançamento do iPhone 6s, dezenas de vídeos apareceram no YouTube mostrando como o novo smartphone da Apple consegue sobreviver na água. De fato, ele pode ficar submerso mesmo por longos períodos: este vídeo mostra o iPhone 6s Plus embaixo d’água por 30 minutos ao lado do Galaxy S6 Edge. Outros chegam a prolongar esse período por até uma hora e o iPhone sai intacto.

Essas estatísticas podem não ser impressionantes para um smartphone com alguma certificação de resistência à água, mas certamente fazem diferença para celulares que não são divulgados com essa característica. Em comparação, um vídeo do ano passado mostra que o iPhone 6 conseguiu ficar submerso por apenas um minuto.

iphone-6s-agua

O que mudou para o iPhone 6s aguentar tanto tempo embaixo d’água, então? Como aponta o iFixit, agora a divisão entre a parte frontal e a traseira é selada com um tipo de adesivo, o que não acontecia no iPhone 6. Anteriormente, essas duas partes eram presas apenas com parafusos e não havia a necessidade de selagem.

Nós sabemos que o alumínio do iPhone 6s foi reforçado, mas não exatamente porque a Apple decidiu implementar essa proteção adicional. Alguns especulam que a empresa queria produzir um iPhone totalmente à prova d’água, mas decidiu não anunciar a novidade para não entrar na mesma encurralada que a Sony com sua linha Xperia.

iphone-6s-selado

Só que não é bem assim: além de reforçar a selagem do aparelho, os botões, conectores e saídas de áudio têm de ser igualmente protegidos, o que não acontece no iPhone 6s. A borda interna do alumínio está 0,3 milímetro mais espessa e todos os conectores na placa lógica, incluindo a bateria, display, entrada Lightining e botões, são envolvidos com silicone, mas isso não é suficiente para manter o interior do iPhone seco.

Além disso, o alto-falante e a entrada para fones de ouvido ou chip não têm selagem alguma, fazendo com que a água ainda consiga estragar a parte interna do seu iPhone. Como aponta o 9to5Mac, apesar da proteção adicional, é possível que seu iPhone venha a ser danificado se entrar em contato com a água.

iphone-6s-agua

Portanto, continua não sendo uma boa ideia entrar com o iPhone 6s na água propositalmente, não só porque a água ainda tem meios de entrar, mas também porque a Apple diz explicitamente que a garantia não cobre esse tipo de dano (e existe até um indicador de contato com líquidos para dedurar que você fez isso).

Se você insistir, esteja pronto para pagar até R$ 1.149 para consertar seu iPhone, dependendo do nível de estrago. De qualquer forma, essa proteção a mais é positiva: o smartphone agora pode sobreviver se cair na piscina ou se você derrubar um copo d’água nele sem querer. Mesmo assim, é melhor tomar cuidado.