Início / Notícias / Computador /

Apple lança versão final do macOS Sierra

Siri, pastas sincronizadas no iCloud Drive e integração com os iPhones e iPads são as principais novidades

Paulo Higa

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Apple lançou na tarde desta terça-feira (20) a versão final do macOS 10.12 Sierra. O sistema operacional traz novidades para integrar melhor os Macs aos serviços e gadgets da empresa, com as pastas sincronizadas no iCloud Drive, a vinda da assistente pessoal Siri e o recurso de área de transferência universal, que permite copiar e colar itens do computador para o iPhone.

macos-sierra

A principal novidade do macOS 10.12 (que não se chama mais OS X) é a Siri. A assistente pessoal estará sempre no canto superior direito da tela, pronta para receber comandos de voz. Ela traz os recursos que você encontra no iOS e aceita comandos que não são exatamente simples de fazer do jeito tradicional, com mouse e teclado — você pode encontrar todos os arquivos que modificou nesta semana e que foram enviados por um determinado contato, por exemplo.

Quem possui um Mac com pouca capacidade de armazenamento deve aproveitar a função Armazenamento Otimizado. Ela guarda no iCloud os arquivos menos utilizados, como anexos de e-mails ou filmes alugados pelo iTunes, por exemplo, liberando espaço em disco. Também é possível excluir arquivos inúteis, como instaladores de aplicativos, downloads duplicados e caches antigos.

gerenciador-armazenamento

O iCloud, aliás, está mais importante no macOS Sierra, já que os arquivos da Mesa e da pasta Documentos podem ficar sincronizados automaticamente na nuvem. Recentemente, a Apple lançou um plano maior no iCloud Drive, de 2 TB, por US$ 19,99 ao mês. As opções antigas continuam existindo: 50 GB (US$ 0,99), 200 GB (US$ 2,99) e 1 TB (US$ 9,99).

Os Macs também estão mais integrados aos iPhones, iPads e Apple Watches. Se você estiver com um relógio da Apple no pulso, não precisa mais digitar a senha para fazer login; o Mac saberá que você é você. E a área de transferência ficou “universal”: é possível simplesmente copiar um texto ou imagem no Mac e colá-lo num documento no iPhone (e vice-versa). Para que o recurso funcione, é necessário que ambos os dispositivos estejam na mesma conta do iCloud e tenham Bluetooth e Wi-Fi ativados.

area-transferencia

Outras novidades do macOS 10.12 Sierra incluem o sistema de arquivos APFS (que ainda não é padrão), o aplicativo de fotos com reconhecimento de imagens e o modo PIP (picture-in-picture), para assistir aos vídeos no canto da tela. Já detalhamos os novos recursos num artigo completo. Nem todos os recursos estarão disponíveis para todos os Macs; veja quais são compatíveis com o seu.

A atualização para o macOS Sierra é gratuita e está disponível para os seguintes Macs:

  • MacBook (final de 2009 ou posterior)
  • MacBook Pro (meados de 2010 ou posterior)
  • MacBook Air (final de 2010 ou posterior)
  • Mac mini (meados de 2010 ou posterior)
  • iMac (final de 2009 ou posterior)
  • Mac Pro (da metade de 2010 ou posterior)

Desde que você tenha o OS X 10.7.5 Lion ou superior instalado (!), 2 GB de RAM e pelo menos 8,8 GB de armazenamento disponível, basta abrir a Mac App Store, acessar o menu Atualizações e baixar a nova versão. Você também pode fazer o download por este link.

A tradicional recomendação de segurança continua valendo: faça um backup completo da sua máquina no Time Machine antes de atualizar para o macOS Sierra. Dessa forma, se algo der errado durante o processo, é mais fácil voltar para o OS X El Capitan ou recuperar os arquivos perdidos. Você foi avisado.