Início / Notícias / Internet /

Facebook vai te ajudar a lembrar da sua senha esquecida nos outros sites

Diego Melo

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Se esquecer uma senha já é ruim, recuperá-la é quase sempre uma dor de cabeça ainda pior – isso quando não esquecemos a resposta da pergunta secreta para recuperar a própria senha! Pensando em resolver esse problema, o Facebook divulgou na segunda-feira (30) uma ferramenta que permite aos seus usuários recuperarem contas e senhas perdidas em sites e serviços de terceiros utilizando a própria rede social.

Por enquanto, a ferramenta funciona apenas com o GitHub, um serviço online para controle e versionamento de código. Para configurá-la, o usuário deve criar um token de recuperação no GitHub e salvá-lo na sua conta do Facebook. Caso esqueça suas credenciais de login no serviço, o usuário pode logar no Facebook e restaurar sua conta no GitHub utilizando esse token.

O token é criptografado e, com exceção da confirmação de que a pessoa que solicitou a restauração da conta é a mesma que gerou o token, nenhuma informação é compartilhada entre o Facebook e o GitHub, de acordo com o comunicado.

Segundo o Facebook, o serviço foi desenvolvido pensando em eliminar ou, pelo menos, amenizar a “burocracia” e a insegurança das ferramentas atuais de recuperação de senhas, como no caso das famosas respostas de “perguntas secretas”, que podem ser facilmente descobertas com um pouco de engenharia social. Já outros métodos tradicionais, como os códigos de recuperação enviados por email ou por SMS, podem sofrer com a falta de criptografia ponta-a-ponta, o que facilita a sua descoberta caso sejam interceptadas.

Apesar de ainda estar disponível apenas para o GitHub, o Facebook já divulgou as especificações técnicas da ferramenta, e espera que outros sites incorporem o serviço. De qualquer forma, se você se preocupa com a segurança das suas senhas, nunca é demais relembrar aquelas dicas clássicas: não utilize a mesma senha em serviços diferentes, habilite a autenticação em duas etapas onde estiver disponível, e, se puder, utilize um gerenciador de senhas para criar palavras secretas mais fortes e seguras.