Notícias Celular

Um app de transporte público decidiu criar sua própria linha de ônibus

Felipe Ventura
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Citymapper é um aplicativo que traça rotas de transporte público melhores que o Google Maps. Ele está disponível em São Paulo e em outras cidades ao redor do mundo, mas começou em Londres — e é lá onde o app quer reinventar o ônibus.

A startup está testando uma rota circular em Londres com um ônibus verde; o trajeto, próximo à sede da empresa, é gratuito.

A rota é predefinida, com paradas específicas para os passageiros embarcarem e desembarcarem, e o ônibus tem alguns recursos tecnológicos: uma tela grande informando o local atual e as próximas estações, tal qual o aplicativo; e entradas USB para carregamento.

Também há uma contagem de passageiros em tempo real, para que você possa saber se o veículo está muito cheio. O motorista, no entanto, é humano; nada de ônibus autônomos por aqui.

https://twitter.com/robaeprice/status/861836862863929347

Por enquanto, este é apenas um experimento tímido, mas aponta para ambições maiores da Citymapper. A empresa criou uma ferramenta chamada Simcity para simular rotas de ônibus, analisando em tempo real a demanda por transporte em Londres:

A Citymapper imagina um serviço mais dinâmico, que pode reagir à demanda em tempo real e sugerir rotas diferentes com base em informações de trânsito, mantendo as paradas predefinidas.

Uma ideia é equipar ônibus e trens com sensores para medir a quantidade de pessoas em tempo real, e usar isso para detectar quais rotas e períodos requerem mais veículos. No entanto, isso exige cooperação com empresas de transporte público, que nem sempre estão abertas a melhorias.

A Transport for London (TfL) é uma exceção: “eles liberaram dados abertos que nos deram a oportunidade de criar um aplicativo para ajudar a poulação de Londres”, diz a Citymapper. Ainda assim, a TfL não emitiu uma licença para a startup operar sua linha de ônibus — por isso ela é gratuita e temporária.

A Citymapper poderia oferecer consultoria para melhorar as rotas existentes de transporte público, e para identificar possíveis novos trajetos. A intenção é nobre, e espero que ela consiga tornar isso realidade usando seus US$ 50 milhões vindos de investidores nos últimos anos.

Com informações: Citymapper, VentureBeat, Mashable.

Felipe Ventura

Editor-geral

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque