Meizu Pro 6 Plus chega ao Brasil com especificações semelhantes ao Galaxy S7

Felipe Ventura
Por

Os smartphones da Meizu vêm chegando ao Brasil em um ritmo constante, e o modelo mais recente a estrear no país é também o top de linha da empresa.

O Meizu Pro 6 Plus tem processador de oito núcleos Exynos 8890, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento sem suporte a microSD. A tela de 5,7 polegadas tem resolução 2560 x 1440 pixels; abaixo dela, há um leitor de digitais que também monitora seus batimentos cardíacos.

A câmera traseira conta com um sensor de 12 megapixels da Sony, abertura f/2,0, estabilização óptica de imagem, autofoco por laser e por detecção de fase, mais flash dual-tone. A câmera frontal tem 5 MP.

O Meizu Pro 6 Plus tem porta USB Type-C com suporte a transferência rápida de dados (1 GB em dez segundos) e carregamento rápido (até 60 W). A bateria é de 3.400 mAh. São 7,3 mm de espessura e 158 g.

Ele roda Flyme OS, uma versão personalizada do Android 6.0 Marshmallow com recursos adicionais: por exemplo, o One Mind usa inteligência artificial para ajustar o desempenho dos apps que você mais usa. E como a tela é sensível à pressão, você pode segurar mais firme nos ícones e obter opções adicionais.

O aparelho da Meizu tem especificações semelhantes ao Galaxy S7. As principais diferenças são a tela maior, a ausência de proteção IP68 contra água e poeira, e a falta de entrada para cartão microSD.

Ele também custa mais caro: são R$ 2.199 à vista, ou R$ 2.699 parcelado em dez vezes. O Galaxy S7 pode ser encontrado atualmente por menos de R$ 2.000.

Esses preços do Meizu Pro 6 Plus não incluem o kit PhoneStation, que custa R$ 300. Ele inclui o Vi Center, que projeta um teclado laser em superfícies planas e serve como powerbank de 5.000 mAh; e o Vi Cast, que se conecta à porta HDMI da TV para transmitir vídeos e espelhar a tela do smartphone.

Relacionados

Relacionados