Todos os carros da VW terão versões elétricas até 2030

Paulo Higa
Por

Acho que hoje é o dia oficial da eletrificação do setor automotivo: depois da Mercedes-Benz, que anunciou planos de comercializar versões elétricas ou híbridas de todos os seus veículos até 2022, a maior montadora de carros do mundo informou que vai seguir pelo mesmo caminho.

A transição da Volkswagen para o mundo das baterias será mais lenta, especialmente porque ela tem uma linha de produtos bem mais ampla do que a Mercedes-Benz. O plano é vender modelos elétricos ou híbridos de todos os 300 (!) automóveis da empresa até o ano de 2030.

O anúncio foi feito durante a Frankfurt Motor Show pelo CEO Matthias Mueller. Segundo o executivo, a Volkswagen vai investir 20 bilhões de euros (aproximadamente R$ 75 bilhões) para lançar os novos veículos, além de 50 bilhões de euros (R$ 187 bilhões) para desenvolver as baterias que equiparão os carros, um dos maiores investimentos da história nesse setor.

Além da promessa de eletrificar todos os carros até 2030, a Volkswagen planeja ter em seu portfólio 50 veículos movidos somente a bateria e outros 30 híbridos em 2025, considerando todas as marcas do grupo, incluindo Audi, Bugatti e Bentley. Nesse ano, a meta será vender 3 milhões de veículos totalmente elétricos.

Com informações: BBC, Bloomberg.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Relacionados

Relacionados