Notícias Celular

Spotify testa interface mais limpa e fácil de usar no Android

Felipe Ventura
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Os apps para streaming de música geralmente têm uma interface confusa. O Apple Music precisou de um redesign para facilitar o uso, por exemplo. O Spotify está fazendo algo semelhante… mas bem devagar.

O Android Police reparou em diversas mudanças sendo testadas no Spotify para Android, incluindo uma navegação consolidada em três abas, listas com um visual mais simples, e elementos de interface maiores.

O app organiza todo o conteúdo em três abas: Suas Playlists, Início e Buscar. (Atualmente temos Início, Navegar, Buscar, Rádio e Sua Biblioteca.) Isso torna a navegação mais amigável e mais fácil.

A aba Início usa imagens bem maiores para chamar sua atenção, e permite acesso às configurações (a engrenagem no canto superior direito ficava na aba Sua Biblioteca).

Aba Início, nova vs. antiga

A aba Buscar está com um visual melhorado e reúne os gêneros musicais do Spotify (que antes ficavam na aba Navegar).

Aba Buscar, nova vs. antiga

Enquanto isso, a aba Suas Playlists usa imagens maiores para um visual mais limpo. No entanto, essa densidade menor dos elementos na tela pode ser irritante para quem (como eu) tem muitas listas de reprodução.

Suas Playlists, nova vs. antiga (interface nova via @dineinudes)

Por fim, temos a interface Tocando Agora. Esta aqui vem aparecendo para os usuários desde o início do ano, em testes A/B que o Spotify realiza no app:

https://twitter.com/GriMziE1/status/854384649879011329

Inclusive, você pode experimentá-la agora mesmo: basta acessar a playlist “Máquina do Tempo”. Ela está disponível em Início > Feito para você.

No geral, eu gostei das mudanças. Tudo parece ser voltado para descomplicar o Spotify no smartphone, tornando-o mais acessível. E você, o que achou?

Felipe Ventura

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque