Notícias Antivírus e Segurança

Nvidia e AnyVision trabalham em software de reconhecimento facial para câmeras de segurança

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Para a Nvidia, inteligência artificial é um assunto quase tão importante quanto GPUs. Não surpreende, portanto, que a companhia esteja explorando vários segmentos desse filão. O mais recente é um tanto assustador: a Nvidia se uniu à AnyVision para viabilizar uma tecnologia que faz reconhecimento facial a partir de câmeras de segurança.

Anyvision + Nvidia

A tecnologia está em fase avançada de desenvolvimento e, de acordo com a AnyVision, consegue fazer monitoramento 24 horas por dia identificando indivíduos com 99% de precisão. Dependendo do número de câmeras integradas ao sistema, pode-se também fazer rastreamento, ou seja, determinar quais pontos uma pessoa visitou dentro de um intervalo de tempo.

Esse é o tipo de assunto que rende discussões acaloradas sobre privacidade, mas a AnyVision entende que a tecnologia deve trazer mais benefícios do que transtornos. O sistema pode ajudar a identificar terroristas ou criminosos no meio da multidão, por exemplo, basta que as imagens capturadas sejam comparadas com uma base de dados de indivíduos suspeitos ou procurados pela polícia.

Algo assim também pode ajudar as autoridades na busca de pessoas desaparecidas. Basta que a imagem da pessoa seja inserida em um banco de dados específico para que o sistema passe a compará-la com os rostos capturados pelas câmeras. Dependendo das circunstâncias, será possível até descobrir o local onde a pessoa sumiu.

Os detalhes sobre o funcionamento da tecnologia não foram revelados, mas a AnyVision explica em seu blog que utiliza GPUs da Nvidia para fazer processamento em tempo real das imagens das câmeras. Um único servidor pode processar até 40 transmissões simultaneamente, mas o plano é aumentar essa quantidade para até 150.

Para ganhar escala, a tecnologia AnyVision passou a fazer parte do Metropolis Software Partner Program, iniciativa lançada pela Nvidia no ano passado para apoiar companhias que desenvolvem sistemas para cidades inteligentes.

Esse cenário de vigilância permanente tende mesmo a deixar de ser coisa da ficção. A China, por exemplo, afirma ter um sistema com 170 milhões de câmeras de circuito fechado capaz de localizar uma pessoa em poucos minutos. Recentemente, a polícia do país passou a usar óculos de sol com câmeras integradas que também fazem reconhecimento facial.

Com informações: Mashable.

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado Infowester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque