Início / Notícias / Celular /

Apple está contratando mais 160 pessoas para melhorar a Siri

Felipe Ventura

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Não é segredo que a Siri fica devendo em relação a concorrentes como Google Assistente e Amazon Alexa — até mesmo ex-funcionários da Apple sabem disso. Ela nem sempre consegue responder perguntas ou realizar tarefas, e não se integra tão bem a serviços de terceiros.

Talvez por isso a Apple esteja contratando ainda mais funcionários para cuidar da assistente. O Thinknum notou um aumento notável no número de vagas de emprego na empresa que mencionam “Siri”.

Quase todas as vagas estão categorizadas como “engenharia de software” (em vez de gerenciamento de produto, por exemplo) e estão localizadas no novo campus da Apple em Santa Clara Valley.

As posições cobrem de tudo, incluindo aprendizado de máquina, geração de fala, ciência dos dados, privacidade e SiriKit (APIs para desenvolvedores).

Como lembra o Engadget, essas contratações devem demorar algum tempo — de meses a anos — para surtirem efeito. No entanto, elas sugerem que a Apple está dedicada em melhorar a Siri, e a assistente precisa da ajuda.

No ano passado, uma análise mostrou que a Siri respondia corretamente apenas 62% das vezes a mais de 5 mil perguntas em inglês. Enquanto isso, Google Assistente e Amazon Alexa acertaram cerca de 90% das vezes.

Após ex-funcionários revelarem que a Siri vem sofrendo com disputas internas e mudanças de estratégia, a Apple disse que ela é “a assistente de voz mais popular do mundo”, e que continua investindo em “avanços significativos” para seu desempenho, escalabilidade e confiabilidade.