Notícias Brasil

Nikon encerra atividades no Brasil

Nikon havia deixado de comercializar câmeras e lentes no Brasil no fim de 2017; decisão mais recente fecha divisão de microscopia

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Quem entrar no site brasileiro da Nikon vai se deparar com um aviso nada agradável: a companhia japonesa encerrou todas as suas atividades no Brasil. É a conclusão de um processo iniciado no fim de 2017, quando a Nikon deixou de vender câmeras, lentes e acessórios fotográficos no país.

O anúncio mais recente bota fim às operações da Nikon Instruments, que comercializava produtos de microscopia no Brasil. Equipamentos dessa divisão continuarão sendo oferecidos no país, o mesmo valendo para os serviços de assistência técnica, mas agora por meio da BioLab Brasil.

Nikon

Com relação a equipamentos fotográficos, a Nikon ressalta que reparos de produtos dentro do prazo de garantia continuarão sendo honrados. Para tanto, basta ao consumidor preencher este formulário. Já a assistência técnica de itens que estão fora da garantia será assumida pela unidade da companhia nos Estados Unidos.

A Nikon não deu detalhes sobre o que a levou a deixar o mercado brasileiro de vez. Sabe-se, porém, que a decisão tem relação com um plano global de reestruturação que a companhia iniciou em 2016 e que deverá ser concluído em 2019. A reestruturação é consequência, em grande parte, da perda de mercado que a companhia experimentou nos últimos anos.

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque