Windows 10 utilizará solução do Google que resolve lentidão do Spectre

Solução do Google consegue quase que eliminar por completo o menor desempenho pós-Spectre

André Fogaça
Por

Depois do problemão causado pelo Spectre, que deixou o computador de quase todo mundo menos potente do que deveria ser, engenheiros da Microsoft utilizarão uma solução do Google para contornar a falha que afeta usuários do Windows 10. A solução fará com que a queda na performance depois do Spectre praticamente deixe de existir.

Meltdown e Spectre

O Spectre, junto do Meltdown, são falhas que foram encontradas em processadores Intel, AMD e até os ARM. Ela tem dois problemas muito pesados, sendo o primeiro focado na possibilidade de acesso remoto do PC e o segundo em desempenho que pode ser até 30% menor do que o computador tem capacidade de ter.

O menor desempenho é uma solução paliativa encontrada e que resolve a parte da segurança. O Google conseguiu resolver a segunda parte do problema ao criar o Retpoline, que basicamente faz o desempenho voltar muito próximo ao que era antes. O Retpoline já era de conhecimento do Google e o gigante das buscas já testava este código em seus próprios servidores, antes mesmo da publicação do Spectre.

Quando chega

Bem, calma lá. Os testes foram realizados recentemente pela Microsoft e um patch com a solução que o Google encontrou só deve aparecer na próxima grande atualização do Windows 10, que deve chegar para todos durante o primeiro semestre do ano que vem. Só tem um detalhe: apenas esta build do Windows 10 trará a correção, já que a Microsoft não entregará a solução para outras versões mais antigas do Windows ou então outras builds do próprio Windows 10.

Então, de qualquer forma, é melhor ficar agora com o menor poder de fogo e o computador seguro de ataques, né?

Com informações: Tom’s Hardware e ZDNet.

Relacionados

Relacionados