Notícias Jogos

PlayStation 4 vendeu quase 100 milhões de unidades

O console da Sony está prestes a tomar o lugar do Wii na quinta posição da lista de video games mais vendidos do mundo

André Fogaça
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Sony anunciou, durante sua apresentação na CES deste ano, que acontece nesta semana em Las Vegas, que está chegando na marca de 100 milhões de unidades vendidas do PlayStation 4. De acordo com a empresa, o console registrou o número de 91,5 milhões de vendas em todo o planeta – e contanto o PlayStation 4 Pro nesta somatória.

Foto por InspiredImages/Pixabay

Mesmo com cinco anos de vida, o PlayStation 4 ainda continua sendo comercializado em grandes números. A gigante japonesa diz que nos últimos 12 meses conseguiu vender 18 milhões de unidades do console, sendo que deste total, 5,6 milhões foram comercializadas entre os dias 19 de novembro e 31 de dezembro do ano passado.

Mesmo com tantas vendas, o PS4 ocupa a sexta posição na lista dos consoles mais vendidos de todos os tempos. O primeiro, com mais de 155 milhões de unidades, é o PlayStation 2, seguido do Nintendo DS com 154 milhões, a dupla Game Boy e Game Boy Color com 118,6 milhões, o primeiro PlayStation com 102,4 milhões e o Wii, que deve passar o lugar para o PS4 em breve, já que tem apenas 10 milhões de unidades vendidas além do que a Sony conseguiu com sua atual geração.

Seu concorrente, o Xbox One, não divulga o número de vendas e a estimativa é de algo perto da metade do que o PlayStation 4 conseguiu durante toda sua vida – até o momento. O Nintendo Switch, que está na briga e já registrou ótimos números, como o console que vendeu mais rápido nos Estados Unidos, ainda está atrás com 22,8 milhões de unidades vendidas em pouco mais de um ano de vida.

Com informações: TechCrunch e Engadget.

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Responde

Relacionados

Em destaque