Notícias Celular

Samsung Galaxy S10 tem bug que gasta bateria rápido

A Samsung diz estar ciente do problema e prometeu uma atualização de software para solucioná-lo.

André Fogaça
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Galaxy S10 é um ótimo smartphone, recheado de novos recursos, mas não é isento de problemas. De acordo com alguns usuários, o modelo com processador Exynos, que é vendido no Brasil, pode apresentar um bug que faz a bateria ser consumida de forma muito mais veloz do que o esperado.

Samsung Galaxy S10+

Os relatos mais sérios apareceram no Reddit e também nos fóruns do XDA-Developers, onde alguns usuários comentaram que notaram um consumo alto de energia durante chamadas VoIP realizadas pelo aparelho – estas chamadas podem acontecer em vários apps como WhatsApp, Skype e Facebook Messenger.

Depois da chamada, uma falha no software previne que o smartphone entre em modo de baixo consumo de energia, que é o que acontece quando o aparelho não está em uso. A única solução encontrada para forçar o S10 a voltar com o consumo reduzido é reiniciar o aparelho.

Outro problema relatado aconteceu com o modelo que testamos e começa no sensor de proximidade, quando o smartphone está no bolso. Quando a tela está voltada para a perna, o sensor ativa o display e toques acidentais são registrados, com a tentativa de leitura da digital que não existe no momento.

Juntando este problema, com o consumo maior do que o devido depois de ligações que utilizam apps, a bateria dos Galaxy S10 está durando muito menos do que o esperado. Aparentemente os defeitos não aparecem nos modelos que são equipados com o processador Snapdragon 855.

A Samsung enviou um comunicado para a imprensa americana, dizendo que está “ciente do problema e que vai liberar uma atualização de software assim que possível”.

Com informações: Phone Arena.

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque