Google transforma resultados de busca em pó com easter egg de Thanos

Manopla do Infinito aparece em card da busca e "destrói" metade dos resultados do Google

Lucas Lima
Por

Aproveitando a pré-estreia e todo o hype gerado por de Vingadores: Ultimato nos cinemas, o Google implementou um novo easter egg ao seu buscador que permite simular a dizimação que o vilão da franquia fez com a população — mas nesse caso, com os resultados da pesquisa.

Funciona assim: você digita “Thanos” na busca do Google, seja no computador ou no dispositivo móvel, e clica em “Pesquisar”. Se você for sorteado, conseguirá ver a Manopla do Infinito — já com as seis Jóias do Infinito — no card de informações do personagem.

Clique ou toque na manopla, e ela vai estalar os dedos. Assim como em Vingadores: Guerra Infinita, os resultados começarão a se desfazer em pixels: metade dos links somem, assim como Thanos fez com metade dos seres vivos do universo. Até o contador que exibe a quantidade aproximada de resultados mostrará os números pela metade.

Aparentemente a “dizimação” é aleatória, assim como no filme da Marvel. Clicar na Manopla do Infinito reproduzirá o estalo de novo e todos os resultados voltarão sãos e salvos — caso sejam o que você estava procurando antes de transformá-los em poeira digital.

https://twitter.com/hwrrysgucci/status/1121193928877924354

Essa não é a primeira referência que o Google faz ao fechamento da fase três do Universo Cinematográfico Marvel (MCU), iniciado em 2008 com o primeiro filme do Homem de Ferro. As propagandas dos supostos Pixel 3a e 3a XL também convergem para o último filme da franquia.

Vingadores: Ultimato já quebrou recordes na pré-venda: o Ingresso.com diz que o início da pré-venda, em 2 de abril, foi o maior dia de vendas da história da empresa, e quebrou o recorde de maior volume de transações feitas em uma hora na plataforma. No dia seguinte, 730 sessões já estavam esgotadas no Brasil.

Lucas Lima

Editor-assistente

Lucas Lima trabalha no Tecnoblog desde 2019 cobrindo software, hardware e serviços. Graduou-se em Jornalismo em 2018 e se formou técnico em Informática em 2014, mas respira tecnologia desde 2006, quando ganhou o primeiro computador e varava noites abrindo janelas do Windows XP. Teve experiências com comunicação no poder público e no setor de educação musical antes de atuar na estratégia de conteúdo e SEO do TB.

Relacionados

Relacionados