Notícias Brasil

São Paulo proíbe patinete elétrico na calçada e obriga uso de capacete

O descumprimento das novas regras para os patinetes elétricos poderá levar a multas de até R$ 20 mil

Victor Hugo Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Os usuários que circulam com patinetes elétricos em São Paulo deverão seguir novas regras. As medidas foram apresentadas para evitar acidentes à medida em que os veículos se tornam populares em algumas regiões da cidade.

A Prefeitura deverá publicar ainda nesta segunda-feira (13) o documento com as exigências. Ele proíbe a circulação dos patinetes elétricos nas calçadas e torna o o uso do capacete obrigatório. Os veículos só poderão ser usados em ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas e ruas com limites de velocidade de 40 km/h.

Prefeitura de São Paulo anuncia regras para uso de patinetes elétricos

Para reduzir riscos, a cidade permitirá que os equipamentos circulem com velocidade de até 20 km/h. O descumprimento das regras poderá levar a multas entre R$ 100 e R$ 20 mil, de acordo com a gravidade da infração.

A penalização, no entanto, será aplicada somente daqui a 15 dias. Nesse intervalo, CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e GCM (Guarda Civil Metropolitana) ficarão responsáveis por orientar pessoas sobre as novas regras.

“As multas são aplicadas em cima das empresas que detêm os patinetes, da mesma forma que a gente multa uma empresa locadora de veículos. Depois a locadora, a dona do patinete, pode passar essa multa para o usuário”, afirmou o prefeito Bruno Covas (PSDB) à TV Globo.

As regras funcionarão de maneira provisória nos próximos três meses. Após esse período, a Prefeitura de São Paulo se reunirá com empresas que alugam patinetes elétricos para definir regras mais detalhadas e, então, iniciar uma fiscalização mais rigorosa.

Com informações: G1.

Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque