Huawei Mate 30 sem Google Play será anunciado em 19 de setembro

Huawei Mate 30 será uma linha de celulares com câmera quádrupla, conectividade 5G e novo processador Kirin 990

Felipe Ventura
Por

A Huawei marcou uma data para anunciar oficialmente seus próximos celulares: a linha Mate 30 será revelada no dia 19 de setembro em Munique, Alemanha. O Google avisa, no entanto, que esses aparelhos não poderão vir com Play Store, Play Services nem outros apps devido às sanções dos EUA. Por isso, a fabricante cogita adiar o lançamento destes smartphones fora da China.

Huawei P30 Pro

Huawei P30 Pro

O convite menciona o termo “Mate 30 Series”, ou seja, teremos mais de um celular; no ano passado; a Huawei anunciou o Mate 20 e Mate 20 Pro. Há uma forma circular em destaque, talvez remetendo à câmera quádrupla que ficaria em um círculo na traseira, segundo rumores. Os aparelhos também devem ter conectividade 5G e o novo processador Kirin 990.

O anúncio da Huawei ocorre em meio à guerra comercial entre EUA e China. A empresa está na lista de entidades proibidas de fazer negócios com empresas americanas, exceto em casos bem específicos (contemplados pela licença temporária de 90 dias).

Por isso, o Google avisou que o Mate 30 não poderá vir pré-instalado com seus apps oficiais. Isso inclui a Play Store, que não está disponível gratuitamente: as fabricantes pagam um valor para licenciá-la.

Ela poderia ser instalada por conta própria através do Open GApps, útil para quem se aventura em uma ROM customizada? Provavelmente não: o site do projeto avisa que você precisa de permissão para usar a Play Store; geralmente, basta comprar um dispositivo que venha com a loja do Google pré-instalada — e este não será o caso do Mate 30.

Além disso, instalar os GApps é um processo muito difícil para a maioria dos usuários. Isso requer primeiro que o bootloader seja desbloqueado, e a Huawei deixou de fornecer códigos oficiais para realizar esse processo.

Huawei pode adiar lançamento do Mate 30 fora da China

De acordo com o South China Morning Post, a Huawei planeja adiar o lançamento do Mate 30 fora da China para não ter que vendê-lo sem os serviços do Google. A empresa costuma lançar novos modelos da linha Mate em setembro na Europa, um de seus mercados mais importantes.

O Mate 30 vai rodar Android sem problemas, já que o sistema possui código aberto — ou seja, não é necessário fazer negócios com uma empresa americana para utilizá-lo. Por enquanto, não será necessário recorrer ao HarmonyOS. “O sistema operacional Android aberto e o ecossistema em torno dele ainda são a nossa primeira escolha”, disse um porta-voz ao SCMP.

A limitação é especialmente para a Play Store. A Huawei não tem esse obstáculo dentro da China: os serviços do Google são proibidos no país, então a fabricante pode colocar outra loja de aplicativos sem afastar clientes.

Saberemos os detalhes em 19 de setembro: o Tecnoblog trará todas as novidades diretamente de Munique. A Huawei realizará outro evento nesta sexta-feira (6) durante a feira IFA para oficializar o processador Kirin 990.

Com informações: Mashable, South China Morning Post.

Relacionados

Relacionados